Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2007

"Rota das Vacas"

Pensamento:
"A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto"
(Francis Bacon)
.o0o. Hoje, a previsão meteorológica era de céu nublado e com ocorrência de chuva ou chuviscos. Ao invés, a manhã nasceu um pouco fria mas solarenga e límpida o que nos proporcionou uma bela manhã de BTT. Compareceram na Pires Marques o Dino e o Filipe que comigo partilharam mais esta pequena aventura por campos cobertos de lindos mantos verdes, bordados aqui e ali por grandes extensões de flores campestres que lhes confere lindas e variadas cores, lembrando o "Power Flower" do PJFA. Mas não há bela sem senão e esses belos campos estavam também hoje cobertos de gado vacum. Eram o8h40 quando saímos da Pires Marques em direcção ao já célebre portal do frigorífico que dá acesso à linha férrea. Tomámos a direcção de Santa Apolónia, onde virámos para apanhar a vereda que nos conduz à estrada para a Estação. Dalí continuámos para Escalos de Cima, onde não entrámos, contornando para a zona dos Bar…

"Onze Indomáveis Bêtetistas"

Pensamento:
"A civilização é uma ilimitada multiplicação de necessidades desnecessárias"
(M. Twain)
.o0o. Hoje a saída era às 08h30. Apesar de coincidir com a mudança da hora para o horário de verão, compareceram na P. Marques 11 bêtetistas prontos a pedalar. AC, Joaquim Cabarrão, Marcelo, Pedro Antunes, Álvaro, Nuno Maia e o cunhado, cujo nome de momento não recordo, Martin, Arlindo, Agnelo e Jorge Palma. Com uma manhã airosa e propícia a pedalar, saímos pouco depois das 08h30 em direcção á Capa Rota por alcatrão, tomámos o trilho para o Compasso de Baixo, um pouco técnico de início, mas que seu gozo e logo ali elevou os níveis de adrenalina da malta, sempre em descida até ao pontão da Ribeirinha. Seguiu-se uma longa subida que nos pôs a arfar durante algum tempo e que culminou nos Bonchalinos. Entrámos depois no eucaliptal, onde o cunhado do Nuno Maia nos deixou para rumar a Castelo Branco, por sentir algumas dificudades e que atravessámos até entrarmos na estrada alcatroada para…

"Puro & Duro"

Pensamento:
"Quem não sobe nas altas montanhas, não conhece a planície"
(Provérbio Chinês)

.o0o. Hoje, a manhã nasceu fria e ventosa e pouco convidativa a pedalar, mas mesmo assim foram 3 os que se apresentaram para a voltinha das Terças Feiras. AC, Filipe e Martin. Como hoje o pessoal era de pé ligeiro e como tal, resolvemos escolher um trajecto puro e duro. Saímos da Pires Marques já próximo das 09h30, pelo Quinteiro, passámos ao S. Martinho, Vedulho, Sapateira e Carreira de Tiro, onde experimentámos as primeiras "rampinhas". Rumámos ao Valongo e descemos para a Ribeira da Paiteira numa descida espectacular. Seguiram-se um trio de subidas com peito até Maxiais, onde parámos para tomar café, comer algo e descansar um pouco. Já com a coragem renovada, saímos dos Maxiais pela zona do arrabalde e seguímos por uma "quelha xistosa" e de pedra solta e passámos pelos Vales da Dona e Quedas até apanharmos o alcatrão da Estrada de Cebolais, que seguimos duas centenas de …

"Sem perder a cidade de vista"

Pensamento:
"É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe."
"Epíteto"
.o0o. Este Domingo nasceu solarengo e a antever uma bela manhã para a prática do BTT. Compareceram na Pires Marques 7 companheiros ávidos por pedalar. AC, Álvaro, Ricardo, Marcelo, Arlindo, Agnelo e Jorge Palma. Soube que um outro grupo ali estivera pelas 08h30, mas o horário combinado era para as 09h e eu não tive conhecimento de qualquer alteração de horário. Tive pena de não nos termos juntado, o que faria certamente um belo grupo. Saímos os 7 pouco depois das 09h sem rumo bem definido, mas com vontade de pedalar, com a condicionante de ser uma volta mais "soft", pois alguns companheiros ainda não atingiram a performance ideal para grandes trajectos, ou trilhos mais "hard", o que todos concordaram. Acabámos por efectuar um belo passeio sem perder a cidade de vista, por trilhos engraçados e belas paisagens. Assim dirigimo-nos aos Maxiais pelo trilho junto à lin…

Passeio pela planura"

Pensamento:
"O homem é feito para a luta, não para o repouso.
"Saint-Exupéry"
.o0o.
Hoje seria uma volta pelo percurso da Maratona ACCB, nomeadamente entre Malpica e Monforte, ou Ponsul, se não houvesse desistências de última hora, Porém como já havia assumido compromisso com o Nuno Maia para ir pedalar, a que se juntou o Álvaro, resolvemos escolher outro percurso e resolvemos ir até Alpedrinha e voltar. Saímos pelas 09h10, pois novamente aguardámos por quem não apareceu e assumimos um andamento calmo em direcção a Alpedinha passando por Alcains, Por da Vaca, Lardosa, Monte do Vidal, Vale Topinho, Vale do Salgueiro e parámos no Restaurante "A Pedreira" na Atalaia, para tomar café. Derivado ao adiantado da hora, pois já passava das 11h e o Nuno Maia teria que estar cedo em casa, já não fomos a Alpedrinha e regressámos pela Estação de Castelo Novo (P. Atalaia), Escalado, Baganheiras, Soalheira, Vale das Escusas e Lardosa. Já perto de Alcains e para ganhar algum tempo, …

"Passeio Ameno"

Pensamento:
"Nenhum gesto de gentileza, por menor que seja, é perdido".
"Esopo"
.o0o.
Hoje, apenas compareceu o Paulo para o habitual passeio das terças feiras. Saímos cerca das 09h30, após alguns minutos de conversa com o Nuno Maia, que não foi connosco, e resolvemos pedalar um pouco ao acaso. Dirigimo-nos à Carapalha para apanhar o trilho que passa pela Malhada dos Pinheiros e Tapada do Chinque, em direcção ao Forninho do Bispo. Seguidamente virámos à direita para o Monte do Zeferino, onde o Paulo me propôs fazer uma descida radical, apesar de curta, segundo disse, mas eu cortei-me e seguimos então para o Cutileiro para apanhar a descida para o Monte do Pombal e pouco depois deparamos com o trilho congestionado pelo que parecia uma greve "ovina" contra a tosquia artesanal, tal era a quantidade de ovelhas que saltaram para o caminho quando nos aproximámos e nos guiaram durante uma centena de metros, ou seja, até ao início da descida. Chegados ao Pombal, fiquei u…

"Trilhos da Açafa"

Pensamento:
"A verdade nunca é injusta; pode magoar, mas não deixa ferida."
"Eduardo Girão"
.o0o. Este ano resolvi participar nos "Trilhos da Açafa" em Vila Velha de Rodão, depois dos comentários positivos que tenho ouvido relativamente ao evento do ano passado. Cheguei a Vila Velha de Rodão pelas 08h30 e fiquei logo impressionado com a recepção. Parque fechado para viaturas, simpatia, pequeno almoço farto e variado, enfim, um luxo por 15 euros. Quem assim organiza por este preço, que dizer de quem leva 20, 25 e quase 40, como em Portalegre, com prestações nem sempre superiores. Alí revi alguns amigos que já não via à algum tempo e deu para conversar um pouco. Dada a partida, lá fomos nós dar a voltinha da "praxe" pela povoação , logo com uma subida para os Bombeiros e saída à direita em direcção ao Coxerro. O percurso mantinha-se plano e por estradões que nos conduziram pelo Monte do Lucriz e Vale Pousadas. A partir daqui demos início à primeira dificuda…

"Passeio das Palmeiras"

Pensamento:
"Nenhum caminho é longo demais quando um amigo nos acompanha."
"autor desconhecido"
..o0o. Hoje fui experimentar a minha nova Trek EX9.5 no Passeio das Palmeiras. Pelas 08h15 lá compareci junto à sede da Associação como indicado e onde já se encontravam alguns companheiros. Efectuei o pagamento da minha inscrição no Secretariado, revi alguns amigos a colaborar no Passeio e mantive-me por ali na conversa até ser dada a partida, após um breve "breafing" do Martin. Compareceram a este passeio menos betetistas que o esperado, derivado talvez por amanhã ser o Passeio de Vila Velha de Rodão, denominado "Os Trilhos da Açafa", que bastante êxito teve o ano passado e ainda por ter havido na semana passada no Palvarinho "A Rota do Gaio". Isto tudo na nossa zona e com intervalo de uma semana. Foi pena, o Martin merecia melhor para a sua primeira vez, segundo creio, na organização de passeios de BTT. Mas mais vale margem para subir do que para…

"TREK FOR EVER"

Pensamento:
"Os anos ensinam muitas coisas que os dias desconhecem"

.o0o.
A minha "MAVERICK" foi-se.!!!!! Pois é: por razões que a razão desconhece, troquei o quadro da minha "Maverick". Era para mim uma GRANDE MÁQUINA". Espero que o novo dono a desfrute como eu a desfrutei e que lhe dê gozo como eu gozei. "ADEUS MAV" espero um dia encontrar-te num qualquer trilho montada por alguém que te trate tão bem como eu te tratei, ressalvo qualquer maldadezita, ou algum banhito mais tardio. Foi uma companheira de muitos kms, mas a culpa foi da "Trek" Em Novembro de 2006 comprei um quadro "Trek 8900" e montei uma HT. Não estou nada arrependido pois fiquei maravilhado com as prestações do quadro. Faz uma bike bastante maleável e certinha nos trilhos mais trialeiros. Passado algum tempo começou a formar-se na minha mente a vontade de adquirir também uma suspensão total da "Trek". Fiz alguma pesquisa, falei com amigos e fiquei apenas…

"Quem pedala por gosto não cansa"

Pensamento:
"Onde há sofrimento há terreno sagrado.
"Oscar Wilde"

.o0o. Hoje juntámo-nos 4 na Pires Marques: AC, Filipe, Martin e Marco. Apesar da manhã ventosa e ameaçadora de chuva, lançámo-nos aos trilhos. Depois duma "Rota do Gaio" com algum desgaste físico, lá para os lados do Palvarinho, resolvemos ir pedalar para o lado oposto. Por isso, decidimos percorrer parte da Mini Maratona ACCB (Castelo Branco). Saímos em direcção aos Maxiais onde demos início à maravilhosa e longa descida até ao Ribeirodo Barco, subimos para o Pereiral e de novo a descer para o Cabeço do Pico. Passámos a Ponte sobre o Rio Ponsul e toca a subir para os Lentiscais, onde tomámos o café no Centro Social. Dois dedos de conversa: barrinha energética para o "bucho" e encetámos o regresso com uma pequena incursão nos trilhos da segunda parte dos 100 kms da Maratona ACCB pelo Monte do Pardal, descendo depois para o Vale da Baralha passando a ribeira com o mesmo nome, para o Monte da As…

"A Rota do Gaio"

Pensamento:
"É quando nos esquecemos de nós mesmos que fazemos coisas que merecem ser recordadas.
"autor desconhecido"
.o0o. Estava espectante quanto à "Rota do Gaio", isto por conhecer alguns dos trilhos nela inseridos. Fiquei também surpreendido pela aderência do pessoal a este tipo de passeio. Oh Roberto...!!! 134 participantes.!! Ena pá:!! C'um catano... Isto faz inveja a algumas das ditas maratonas. Ou será que o pessoal já procura mudança. Sejamos coerentes, cá para mim certamente tem também a ver om o facto de ser o primeiro passeio da época cá na zona do "burgo" e o pessoal estar com o "sangue na guelra". Curioso, lá me dirigi para o local da concentração, junto ao Campo de Futebol do Palvarinho. Cheguei pelas 08h30 e já bastantes participantes por ali se viam na azáfama da preparação das bikes. A aldeia tinha uma nova vida. Bem, dirigi-me ao secretariado e lá paguei os meus 10 euritos, até no preço os organizadores foram modestos e recol…

"Uma espreitadela à Rota do Gaio"

Pensamento:
"Tudo o que não é paixão tem um fundo de aborrecimento.
"Henri Montberlant"


.o0o. Na passada terça feira não pude acompanhar o grupo, por isso, resolvi ir hoje dar umas pedaladas. 5 companheiros responderam à chamada, AC, Dino, Filipe; Marco e Tó Zé. Beneficiámos duma manhã solarenga a antever a primavera que já estará por aí, ideal para a prática do BTT. Fizémo-nos aos trilhos pouco depois das 09h rumando em direcção ao frigorífico, (sempre vazio: qualquer dia pomos lá umas bjecas. eheh) Carvahos, EN.18, passando pelo Couto do Abrunhosa e entrando novamente em alcatrão na EN.511 até à Ponte sobre o Rio Ocreza, onde cerca de 2 centenas de metros adiante voltámos novamente à esquerda em direcção da Senhora do Valverde percorrendo alguns tramos da "Rota do Gaio" agendada para o próximo Domingo no Palvarinho, aldeia onde chegámos através de um dos bonitos"single tracks" que nos irá deliciar no Domingo. Tenham paciência, já só faltam dois dias. Segui…