Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2015

" A última do ano."

Já é tradição. A última voltinha de bicicleta do ano que finda terminou hoje pelas 11h45.
Numa manhã bem cinzenta, com a estrada molhada e escorregadia, nalguns locais por onde hoje passei, um sol arreganhado e encoberto, mas isenta de chuva e daquele friozinho dos últimos dias, fiz-me à estrada, eram 08h30. Tomei o rumo ao Salgueiro do Campo, onde parei no Café "Portas da Serra" para a matinal dose de cafeína. Continuei até à Junceira, onde fleti à esquerda para a Azenha de Cima, com passagem pelo Vale de Ferradas, Grade e Vale de Maria Dona. Depois de passar a ponte sobre a Ribeira da Magueija, virei à esquerda e pela estradinha panorâmica que cruza as pequenas aldeias de Monte Goula e Gatas, segui a Ribeira quase até ao cruzamento da M.548, virando de novo à esquerda para apanhar o cruzamento para o Vale da Lancinha. Passei nas imediações da aldeia e sempre em sentido descendente, cheguei a já pouco povoada aldeia de Salgueiral, onde parei para visitar o amigo Zé, que pro…

"Por Perais, Alfrívida e Lentiscais"

E porque a manhã estava convidativa a um bom par de pedaladas, não me fiz rogado e fiz-me à estrada.
Sai de casa pelas 08h20 e pela zona industrial entrei no IP2 rumo aos Cebolais de Cima, onde parei na Pastelaria Dayana, para o cafézinho da manhã. Desci depois aos Cebolais de Baixo e fleti à direita rumo às Sarnadas, onde entrei na N.18 até à Serrasqueira. Virei à esquerda e com passagem por Perais e Alfrivida, cheguei à ponte sobre o Rio Ponsul, onde efetuei nova paragem e fui visitar o cais de embarque do "Balcon del Tajo", o barco que faz o passeio turístico até ao cais de Cedillo. Subi aos Lentiscais e encetei o regresso à cidade, onde cheguei pelas 11h15, com 69 kms pedalados numa bela manhã de inverno, iluminada com um sol tímido, mas que fazia realçar as côres campestres, que mais se parecem à entrada da primavera. Fiquem bem. Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles. AC

"Um passeio à Varanda da Gardunha"

Após um par de dias de excessos gastronómicos, fui hoje dar uma passeata asfáltica com a minha "canic", agora de "sapatinhos de alcatrão". Resolvi ir tomar o cafézinho matinal ao Louriçal do Campo e subir ao Casal da Serra, bonita aldeia serrana, também denominada varanda da gardunha. Saí da cidade pelas 08h30. Na Avenida da Europa, cruzei-me com um grupo de malta a quem cumprimentei, levantando a mão e dizendo "Bom Dia", mas ninguém me passou "cartucho". Iam todos cabisbaixos, a olhar para o alcatrão, para a roda da frente, a calibrar o strava, ou simplesmente . . . Já não se usa! A não ser que seja do mesmo clube! Entrei na N.18 e segui até à rotunda da Lardosa, onde um par de centenas de metros mais à frente, fleti à esquerda para o Louriçal do Campo. Parei no café "O Retiro dos Amigos" e ali tomei calmamente o minha dose matinal de cafeína e a bolachinha da praxe. Se até aqui a coisa fora rolante, daqui para a frente, pelo menos a…

"Lardosa; Marateca e Tinalhas"

Sem o denso nevoeiro que ontem assolou a região, aproveitei hoje a manhãmenos enevoada para ir passear a minha "canic", pela primeira vez com "sapatinhos asfálticos". Levantei-me a pensar que estaria nevoeiro, mas, ao encostar o nariz à janela, verifiquei que o dia estava com claridade suficiente para ir dar umas pedaladas. Sai de casa pelas 09h30 e resolvi ir tomar o cafézinho matinal a Tinalhas.
Com passagem pelos Escalos de Baixo, cheguei aos Escalos de Cima, onde encontrei o Salavessa, que depois dos cumprimentos da praxe, me acompanhou neste passeio descontraido.
À saída da povoação, depois do cruzamento do alto da Lousa, encontramos um outro companheiro, que nos acompanhou até à Lardosa.
Com até á proxima, despedimo-nos e depois de cruzar a aldeia, seguimos parra a Marateca.
No paredão da barragem, passou por nós o Paulo Neves e o Luís Pedro, que nos fizeram companhia, pelo que tomamos o rumo a Tinalhas, onde paramos no café "Ginja", junto à igreja…

"Rota dos Madeiros 2015"

2015 está no final e a Rota dos Madeiros, idealizada e organizada pela Loja Amieirobikes, cumpriu mais um ano. Nem o dia que amanheceu bastante chuvoso, afugentou um bom magote de "malta", apesar de ter "assustado alguns", que compareceram junto à loja para a já tradicional volta aos madeiros de algumas das aldeias da região. A concentração deu-se pelas 08h00 e pelas 08h30 partimos para os trilhos, com a manhã algo nebulosa, mas que com o passar das horas se mostrou mesmo algo soleada, sem que os participantes neste popular evento tivessem apanhado pingo de chuva. A primeira aldeia que visitamos foi os Escalos de Baixo, com o madeiro já pronto para aquecer a malta na noite da consoada, colocado junto à igreja matriz. Depois da foto de grupo, seguimos para a aldeia da Lousa, onde visitamos o madeiro, também ele colocado no largo fronteiriço à igreja. Tiramos a foto de grupo, como é praxe e fomos até ao jardim tomar o cafézinho matinal no bar "Dezigual". F…

"Ciclocross por Tinalhas e Marateca"

Hoje, era suposto ir dar uma bela passeata com a minha "ézinha"  pelas serranias do pinhal interior, na companhia do Jorge Palma. Mas, atendendo à previsão meteorológica para a zona e temendo alguma chuva e fortes neblinas, que nos privassem da beleza daquelas brutais paisagens serranas, resolvemos adiar para uma próxima oportunidade. Assim, resolvemos substituir as asfálticas pelas mistas, as nossas "ciclocrossianas", a canic e a jamis, que até se suportam bem uma à outra, sem birras, nem espasmos de protagonismo. O ponto de encontro foi na Rotunda da Racha, o do costume e pelas 08h40, fizemo-nos aos trilhos pela Tapada das Figueiras. Descemos à ponte sobre o Rio Ocreza, na estrada de Caféde e fomos até à Quinta de Valverde, onde tomamos o rumo a Tinalhas, ziguezagueando por trilhos entre vales e cabeços. Já em Tinalhas, paramos no "Café Bar Ginja , junto à igreja matriz  onde bebemos o abatanado e comemos a bolachinha. Com uma manhã agora radiante de sol, a…