Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2007

"A Marateca no seu melhor"

Percurso no Google .o0o. A convite do Pinto Infante desloquei-me à Lardosa , acompanhado do meu amigo Álvaro para umas "pedaladas" em em volta da Barragem da Marateca , lugar sempre aprazível para dar umas voltas de bike. Responderam à chamada pouco mais de uma vintena de "ávidos" do pedal para um passeio "soft" e bem disposto. Foi notória a falta de comparência da malta de Castelo Branco , só eu e o Álvaro , a estes salutares convívios, quando feitos fora da "capoeira". Uns por razões válidas, outros sabe-se lá porquê!!! Isto não pretende ser uma crítica, mas um lamento meu, por não poder partilhar convosco o "soberbo naco de btt" que hoje me foi proporcionado. O ponto de reunião foi no Campo de Futebol da Lardosa , pelas 08h30 e a malta foi "pingando" vinda de diversos locais. Uns conhecidos, outros que fiquei a conhecer, mas prevalecia a "veterania" e foi notório que a malta presente gostava do BTT na su

# Foi mesmo para "desmoer"#

Não estava inicialmente nos meus planos ir pedalar no dia 26. Porém: Como tinha a manhã livre, resolvi aderir ao convite do "Varadero" e comparecer nas Docas no "passeio para desmoer". Saí de casa pelas 09h20 e após constante gincana entre carros na complicada Avenida General Humberto Delgado, lá conseguí chegar às Docas, onde ainda não se encontrava ninguém. Já passavam 5 minutos da hora aprazada e eu já estava para regressar a casa e pegar na minha "asfáltica", quando chega o "Varadero", também ele sózinho e que me disse que apenas o Norberto tinha "respondido à chamada", mas que ainda estava um pouco atrazado, pelo que, resolvemos ir ao seu encontro. Depois de tomarmos o cafézinho e após um curto compasso de espera, demos início ao passeio pós-natal para desmoer todas aquelas "guloseimas" ingeridas nesta época festiva e espalhar "toxinas" por esse campo fora, após terem sido queimadas pelo "corpinho" já

"Uma voltinha calma e descontraída"

.o0o. .o0o. Manhã cinzenta e invernal, a adivinhar chuva, que alíás, era a previsão meteorológica para o dia de hoje. Na companhia do Filipe e do FMike e atendendo à minha participação no passado sábado no Tróia-Sagres resolvemos efectuar hoje uma volta mais calma e descontraída, com predominância por terrenos mais planos e com um perfil menos técnico. Saímos da cidade pelo portal do frigorífico, pelas 08h15, com rumo ainda pouco definido, mas para a zona da planície, que na nossa zona corresponde à Lardosa. Ao chegarmos ás Piscinas de Alcains , resolvemos rumar à Mata , por trilhos por onde há já algum tempo não pedalava e que o FMike ainda não conhecia. Assim, virámos à direita para o Casal da Curtinha , passando posteriormente nas traseiras da Estação de Alcains , para mais à frente cruzarmos a EN.18 para continuarmos em direcção à Mata pela zona da Silveira . Chegados à povoação e como já vem sendo hábito fizemos a nossa paragem no Café Gaita , pequeno espaço bem decorado e a

"O meu 1º. Troia-Sagres"

altimetria .o0o. 15/12/2007 Uma data para recordar!!! Foi o meu primeiro Troia-Sagres , após alguns anos de hesitação, não porque me sentisse incapacitado, pelo contrário, pois já tenho alguma experiência nestas "andanças". Simplesmente fui adiando. Agora a história. Saí de Castelo Branco pela tardinha de sexta feira, véspera do "embate", rumo a Setubal onde fiquei alojado numa residencial na Avenida Todi , bem perto da Estação do Ferry Boat , não fosse o diabo tecê-las. Depois a primeira "asneirada", não consegui resistir à especialidade da terra. O famoso choco frito com picante e ainda por cima a acompanhar com um branquinho divinal. "Valha-me Deus", como fui cair nessa se no dia seguinte queria fazer 200 kms de bicla!!! Tinha dado o primeiro passo para a desidratação, mas lá consegui recuperar indo-me hidratando aos bochechos com bebida hipotónica durante todo o resto da noite e até me deitar e de manhá até à partida. Recuperei bem. Às 06