Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2018

"Volta Vadia por Sortelha, Belmonte e Caria"

"O que faz andar o barco não é a vela enfunada, mas o vento que não se vê. . . (Platão) Hoje apeteceu-me dar uma volta vadia em modo cicloturistico, a vertente que mais gosto para usufruir do prazer de andar de bicicleta. Logo cedinho, levantei-me preparei a trouxa, tomei a primeira refeição do dia e fui buscar a bicicleta que arrumei na mala do carro. Com musica selecionada dos Creedence Clearwater Revival e dos Dire Straits, lá fui trauteando umas "words" até Penamacor, onde estacionei a viatura no parque das bombas de gasolina. Preparei um percurso para percorrer umas aldeolas catitas encaixadas nalguns dos bonitos vales graníticos da zona de Sortelha, Belmonte e Caria. Pelas 07h30 sai do parque das bombas rumo à Meimoa. Um percurso rolante e propício a umas boas pedaladas iniciais, desfrutando da acalmia daquela hora matutina e da beleza das encostas da Serra da Malcata. Mais á frente passei o Vale da Senhora da Póvoa e enfrentei a p

"Uma aventura de bicicleta pelas Sierras de Las Batuecas, Francia y Quilamas"

"Só quando estamos perdidos começamos a encontrar-nos." (Henry David Thoreau) A convite do Rui Tapadas, fui mais uma vez passar um dia em pleno, passeando de bicicleta pelas espetaculares serranias de Las Batuecas, Francia e Quilamas, com o Rui, Sandra, Pedro, João e Carlos. Fui ter com a malta a Idanha a Nova, junto ao CCR, de onde partimos, cerca das 07h00n rumo à Praia Fluvial do Charco de la Olla em Las Mestas. Depois das bikes preparadas, demos inicio à aventura, logo com a subida do Portillo de Las Batuecas com os 15 kms de ascensão e as suas famosas 9 curvas de ferradura. Chegamos a Alberca, uma pitoresca aldeia serrana na Sierra de Francia. Nesta idílica aldeia, que recebeu o titulo de Monumento Nacional em 1940, não veremos castelos, palácios ou belas igrejas pois La Alberca é conhecida principalmente pela sua interessantíssima arquitetura popular tradicional. Uma paragem num dos bares nas arcadas da sua lindíssima Plaza Mayor era quase obrig

"Passeio de mota pelo Geopark Las Villuercas e Guadalupe"

"Feliz do homem que possui uma moto, ele pode viajar, ver paisagens e entender-se a si próprio." (Eric Viking) Hoje foi dia de dar liberdade à mota. Na companhia dum casal amigo, o José Paulo e a Carla, fomos passear de mota pelas Dehezas Extremeñas, Geopark de las Villuercas e uma pequena visita a Guadalupe, um dos mais bonitos "pueblos" de Espanha. marcamos encontro na Pastelaria "A Ministra", numa das rotundas do Bairro da Carapalha e pouco depois das 08h30, já com a matinal dose de cafeína ingerida, fizemo-nos à estrada. Rumamos a Segura, onde entramos na "tierra de nuestros hermanos" seguindo depois até á Ponte Romana de Alcântara, onde efetuamos uma pequena paragem para apreciar aquela fantástica obra de engenharia romana que maravilhou o mundo antigo. Com uma história que se perde no tempo, esta ponte carrega peripécias e curiosidades. Não entramos na povoação e por uma estradinha "vecinal" seguimos para