Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2014

"Hoje fomos a Monforte da Beira"

Com a chuva a amolecer os trilhos, as "Docas" começaram a encher. Quero com isto dizer, que a malta gosta mesmo é de sujar o fatinho e, foi isso mesmo que hoje fomos fazer até Monforte da Beira . . . sujar o fatinho pelos belos trilhos de montado que antecedem aquela típica aldeia beirã. Para que tal acontecesse, compareceram hoje, além de mim, o João Afonso, Abílio Fidalgo, Álvaro Lourenço, João Caetano, Nuno Dias, Nuno Eusébio, Nuno Maia e Pedro Roxo. O percurso de hoje ultrapassava os 60 kms e como tal, para que a hora de chegada coincidisse com a habitual de almoço, era necessário aumentar um pouco a "lenga - lenga" do costume. Alguns contratempos contribuíram para atrasar um pouco a coisa, mas tudo correu dentro da normalidade. Abandonámos a cidade pelas 08h15 em direção à Srª. de Mércules, onde entrámos nos trilhos. Passámos pelo Forninho do Bispo e num sobe e desce rompe pernas, subimos ao VG do Alcaide para seguidamente nos lançarmos encost

"Manhã descontraida"

Hoje resolvi ir de novo ao encontro da rapaziada do "Pelotão Cavaca", que hoje "estendia o seu território" até à Aldeia da Mata. Depois de estudar o plano do passeio que o amigo Cavaca sempre coloca à disposição de toda a gente, quer no seu blog, quer através do facebook, saí ao seu encontro, pelas 08h15, entrando no percurso ao contrário, desde os Escalos de Baixo. Continuei por Escalos de Cima e Lardosa e vim a encontrá-los após o cruzamento para o Louriçal do Campo. Depois dos cumprimentos da praxe, seguimos juntos, de novo pela Lardosa e alto da Lousa, entrando na aldeia, em direção à Mata. Aqui aproveitámos para tomar o cafezinho matinal e onde alguns não resistiram em "assaltar" a carrinha da padeira que ali se encontrava parada. Os belos bolinhos eram deveras chamativos e houve quem não resistisse!!! Sempre em conversa amena, ora com um ora com outro companheiro, lá fomos conquistando quilómetros. Voltei a passar os Escalo

"Mais duas desmamadas"

Hoje foi dia de desmame para duas belas Canyon's, a do Nuno Maia e a do Rui Salgueiro. Pelas 08h00, nas Docas, apareci eu, o Nuno Maia, o Rui Salgueiro e o Vasco Soares e logo ali, no Café Sical, tomámos o cafezinho matinal. Por ali apareceram também o Rui Pina, o João "carteiro" e outro companheiro, que não sei o nome, que iam dar uma volta de btt com os filhos. Um bonito momento. Apenas experimentadas, as novas Canyon, foram hoje ao encontro do seu primeiro desafio e mostrar, se realmente estão dentro da expetativa dos seus felizes proprietários. Nada melhor do que ir até ao quintal experimentar. É quase que um campo de treino para novas bikes. Há um bocadinho de tudo, assim o dono esteja à altura do desafio! Abandonamos a cidade pela piscina praia e depois de passarmos o parque auto do Jumbo, seguimos para a Talagueira, fletindo depois para o Baixo da Maria. Descemos à Canabichosa e aí estava a primeira subida, digna desse nome, em direção às Benq

"Encontros Beirões"

Durante toda a semana o tempo manteve-se instável e pouco propício a umas voltinhas de bike. Houve uma ou outra aberta, de manhã ou à tarde, mas para mim, ir até ali à esquina e voltar não me satisfaz. Por isso, esperei pelo fim de semana e pela sempre agradável companhia da rapaziada que regularmente se junta na Rotunda da Racha, para um bom par de pedaladas, independentemente da quilometragem. Compareceram hoje, além de mim, o Jorge Palma, António Leandro, Nuno Eusébio, Pedro Roxo e Álvaro Lourenço. A partir de Alcains, o grupo engrossou com a presença do José Luís, que veio ao nosso encontro. Sabendo que o pelotão do amigo Cavaca, iria hoje transpor a Gardunha e "pisar o nosso território", resolvi fazer-lhe uma surpresa e ir ao seu encontro com a rapaziada. Fomos até Alcains e entrámos na N.18 pela variante à vila, seguindo sempre por esta estrada até encontramos o grupo que, tanto quanto sabia, apenas mudava de direção na Lardosa, em direção à Orca. Vi