Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2008

Marateca, um paraíso natural

perfil altimétrico.o0o.

07h, toca o despertador. É Terça Feira de BTT. Levanto-me ainda meio ensonado e vou espreitar pela janela.
Não chovia e a manhã, ainda a despertar estava coberta de nevoeiro. Bom augúrio, pois segundo os "velhotes", quando está nevoeiro não chove. Será!!!! 07h05, assobio no meu telemóvel, um sms acabara de chegar. Era o Filipe a perguntar se alguém ia pedalar e claro, já tinha companheiro. O Filipe é um companheiro que adora andar de Btt e para ele, tal como eu, as questões atmósféricas, desde que não exageradas, são apenas uma questão de maior, ou menor dificuldade, de mais ou menos técnica e de lógicamente, evitar este ou aquele trilho. Em tudo o resto. . . a àgua lava!!! Saímos pelas 08h05, com passagem pela Pires Marques, não houvesse por alí mais alguém que nos quisesse acompanhar e seguímos, inicialmente apenas com intenção de ir até à Lardosa tomar o cafézinho no "Tá-se Bem", por trilhos maioritáriamente planos e que mesmo assim criaram ba…

"A desbravar no Vale das Vacas"

perfil altimétrico
Manhã algo fria e ventosa a adivinhar chuva a qualquer momento, mas que ainda assim, não conseguiu demover 10 companheiros que hoje compareceram na Pires Marques para mais um raid domingueiro, desta vez ao Vale das Vacas e Monte dos Judeus na freguesia de Malpica do Tejo. AC, Filipe, Álvaro, Ricardo, Pedro Antunes, Fidalgo, Nuno Diaz, Nuno Maia, Marcelo e Jorge Palma.
Saímos da cidade pelas 08h15 em direcção aos Maxiais com passagem pelo Vale do Grou, onde o Fidalgo foi protagonista da única avaria do dia com um chupão de corrente que lhe danificou um elo. Problema resolvido e continuámos o nosso raid acercando-nos então duma das belas passagens do dia na zona das Espantalhosas, onde delineámos uma curva de nível para acedermos à rapidíssima descida para o Ribeiro do Barco com inclinação de respeito na sua parte inicial, mas que a malta, uns mais temerosos que outros, concluiram subindo os níveis de adrenalina quanto baste. continuámos para o Pereiral para entrarmos num…

"Descida ao Rio Ocreza"

perfil altimétrico
Nesta bela manhã de Domingo, juntaram-se 11 amigos do pedal e mais 1 no Palvarinho, para com o Roberto, hoje como guia, rumarmos em direcção ao Rio Ocreza. Foi um "lamiré" do que nos espera na "Rota do Gaio", já na sua terceira edição e que eu pessoalmente, fiquei em "pulgas" para que chegue o dia 2 de Março. Zonas de rara beleza, como o lagar de "Vare Jorge", onde atravessámos o rio e as longas paisagens onde do alto se avistam algumas aldeias que "pululam" aquela linda zona cá bem do "nosso interior", fazem-nos libertar a alma. Que maravilha!!! Saímos da cidade já perto das 08h30, e rumámos ao Palvarinho onde parámos, no Café Fontenário, hoje aberto, para tomarmos o cafézinho matinal. Dalí saímos em direcção à longa mancha de eucaliptos que preenchem as encostas do Rio Ocreza, para nos lançarmos por alí abaixo em descidas alucinantes e rápidas até chegarmos a lagar de Vare Jorge. Alí parámos um pouco para &quo…

"Regresso ao Vale"

Manhã um pouco cinzenta, de Carnaval e sobretudo, mais uma terça feira de Btt.
Hoje e pelo facto de ser feriado, compareceram na Pires Marques mais alguns companheiros do pedal: -

AC, Álvaro, Filipe, Fidalgo, Marcelo,Jorge Palma, Nuno Maia, Nuno Diaz e Humberto, foram os protagonistas deste regresso ao sempre belo Vale do Rio Ponsul, agora um pouco desfigurado com os cortes florestais, transformando grande parte do vale em autêntica paisagem "lunar". Porém, os trilhos estão lá, uns melhores outros piores e outros novos, desbravados pelas potentes máquinas que "surribam" a terra após a desflorestação. Saímos pelas 08h15, após a habitual foto de grupo e fomos em direcção ao "single" das Palmeiras para apanharmos os trilhos para o Forninho do Bispo e Rebouça, onde demos início às rápidas e algo técnicas descidas para o vale, com uma "valente subida" pelo meio não fosse o pessoal "embalar" de mais. A descida terminou no Monte do Sordo, onde apa…