quinta-feira, 21 de março de 2013

"Eis que a Primavera chegou!"

A Primavera chegou e eu e o amigo Carlos Sales resolvemos ir "cumprimentá-la", aproveitando este belo dia de sol, no seu primeiro dia.
Saímos da cidade pelas 08h30 pelo single do Quinteiro e rumámos ao Forninho do Bispo.
Dia primaveril explêndido com os verdes quase no seu auge e a formar paisagens fantásticas.
Virámos para o Monte do Zeferino e cruzámos o Ribeiro do Olival Basto para o Cutileiro, virando o azimute às queijeiras da Rebouça.
Deixámos a Rebouça e entrámos no estradão da Granja, que seguimos até ao Monte das Sesmarias, que ladeámos, passando seguidamente pelo Casal dos Mourões em direção à Capa Rota.
Aqui fui em busca de uns trilhos onde já não pedalava há bastante tempo, descendo à Risca do Ouro, para cruzar a Ribeirinha por uma singular passagem para a Barroca do Galhardo, que ladeámos durante algum tempo, seguindo depois para a Balorca e Tapada da Nogueira, a porta de entrada nos Escalos de Baixo, com paragem quase obrigatória no Café "O Lanche", para uma bebida retemperadora e comer algo sólido.
Saimos dos Escalos em direção ao Vale de Figueira e Quinta do Carvalho para chegarmos à Estação de Alcains pelo lado dos depósitos.
Optámos por seguir um pouco pela variante, para não entrarmos na vila e junto ao Vale Capitão, virámos à direita para o Casal da Fonte Chã, seguindo depois para o Monte da Folha da Lardosa.
Aqui cruzámos a N.18 para o Lameiro do Salgueiro, pedalando por bonitos estradões ladeados por belos carvalhos, sempre com a Serra da Gardunha como pano de fundo.
Chegámos ao Pontão, onde cruzámos o Rio Ocreza e passando pelo Porto Mieiro, chegámos à Póvoa de Rio de Moinhos.
Depois da passagem pelo Santuário de Nª. Sra. da Encarnação subimos ao Monteiro e seguimos para a Nave Redonda, Vale do Nuno, Barroca do Fundo e Quinta de Valverde para entrarmos pouco depois na M.551, que seguimos até à Tapada das Figueiras.
Passámos pelo Parque de Campismo e junto à Quinta dos Carvalhos para entrarmos na cidade com 64 kms pedalados num bonita manhã solarenga, trilhando bonitos trilhos e apreciando bonitas paisagens, neste primeiro dia de primavera.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC
 

Sem comentários: