Avançar para o conteúdo principal

"III Raid Castelo Branco - Termas de Monfortinho"

Pelo terceiro ano consecutivo, o Abílio Fidalgo proporcionou a um bom lote de amigos e praticantes de Btt, a oportunidade de concluirem a ligação entre Castelo Branco e as Piscinas do Clube de Caça e Pesca das Termas de Monfortinho em btt, com passagem por Escalos de Baixo, Idanha-a-Nova, Barragem Marechal Carmona, Alcafozes, Toulões e Torre.
A malta distribuíu-se pelos trilhos em pequenos grupos, onde a animação era constante e o divertimento a tempo inteiro.
Abastecimentos não faltaram, à imagem dos anos anteriores, mas cada vez com uma riqueza gastronómica mais apurada.
A "Bôla" este ano foi a delícia dos praticantes da "gula" e para os simples provadores, estava uma delícia.
Bebida não faltou, entre água sumos e a muito requisitada "loirinha", este ano menos que em anos anteriores. Porque será...!?
Umas pequenas avarias, todas elas resolvidas e umas quantas quedas, felizmente sem consequências graves, também estiveram presentes no percurso deste ano e que em nada alteraram a boa disposicão deste grupo de malta que já "peregrina" ás Termas de Monfortinho à três anos em honra do "Santo e Farto Bufett".
Uma manhã bem passada a pedalar na companhia dos cerca de cinquenta companheiros de pedal e uma tarde magnífica na refrescante área das Piscinas na companhia de amigos e familiares, que este ano chegaram à centena e meia.
Cerca das 18h00 regressei a Castelo Branco, após um dia bem passado na companhia de familiares e amigos.
Hajam mais iniciativas deste tipo e o AC certamente lá estará, se for convidado.


Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos,
ou fora deles.
AC



Aqui fica um pequeno filme
do evento.

III Raid Castelo Branco - Termas Monfortinho from actrilhos on Vimeo.

Comentários

Fidalgo disse…
Belo Filme. Obrigado pela tua presença e como pioneiro, enquanto este raid existir estás sempre convidado.
Um abraço. Fidalgo.
Agnelo disse…
Sem dúvida um bom filme. Para quem ainda não se "embrenhou" pelos caminhos da imagem com movimento saibam que isto dá bastante trabalho. A câmara também tem boa qualidade, embora não seja HD, estabiliza muito bem tendo em conta que vai montada no guiador. Só uma questão. Porquê aquelas riscas a cinza por cima do filme? tiram luminosidade e cor à imagem.
Abraço
AQ

Mensagens populares deste blogue

"Passeio de Mota pela Galiza"

Mesmo com a meteorologia a contrariar aquilo que poderia ser uma bela viagem à sempre verdejante Galiza, 9 amigos com o gosto lúdico de andar de mota não se demoveram e avançaram para esta bonita aventura por terras "galegas"
Com o ponto de inicio no "escritório" do João Nuno para a dose cafeínica da manhã marcada para as 6 horas da manhã, a malta lá foi chegando.
Depois dos cumprimentos da praxe e do cafezinho tomado foi hora de partir rumo a Vila Nova de Cerveira, o final deste primeiro dia de aventura.
O dia prometia aguentar-se sem chuva e a Guarda foi a primeira cidade que nos viu passar. Sempre em andamento moderado, a nossa pequena caravana lá ia devorando kms por bonitas estradas, algumas com bonitas panorâmicas.
Cruzamos imensas aldeias, vilas e cidades, destacando Trancoso, Moimenta da Beira, Armamar, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Parada de Cunhos, Mondim Basto e cabeceiras de Basto, onde paramos para almoçar uma bela "posta", que es…

"Volta vadia a ver o mar"

"A felicidade é um fim de tarde olhando o mar" (Marina Nader)
 . . .e foi esse o objetivo deste meu passeio de bicicleta, que gosto de chamar de "volta vadia". Ir ver o mar na Figueira da Foz.
Delineei o percurso, circular como sempre, juntei um grupo de amigos, também eles fãs deste tipo de passeios velocipédicos e fizémo-nos à estrada.
Saímos de Castelo Branco pelas 06h00 e fomos tomar o primeiro cafezinho da manhã à Pastelaria "Estrela Doce", na Sertã, onde o meu irmão Luís nos esperava.
Depois da dose cafeínica e do pastelinho de nata, seguimos para Condeixa a Nova, o local de partida e chegada desta nossa pequena aventura, estacionando as viaturas no parque auto do Lidl.
Cerca das 08h30, já pedalávamos em direção a Ega, a primeira povoação que passaríamos rumo à Figueira da Foz.
O dia estava ótimo para pedalar e o pouco vento que se fazia sentir era nosso aliado.
Sempre em ritmo animado e em alegre cavaqueira, como é habito, quando algumas "per…

"O Trilho da Mina de Ouro do Conhal"

"Só existe um êxito: a capacidade de levar a vida que se quer." (Cristopher Morley) Logo pela manhã, carinha lavada, pequeno almoço tomado ,cafezinho da praxe e na companhia da minha "Maria", fomos até Santana, na aldeia piscatória do Arneiro para uma manhã lúdica e reconfortante pelo Trilho da Mina de Ouro do Conhal. Ajeitei o trilho, cortando a passagem pela cumeada até ao Miradouro da Serrinha e descida acentuada à Foz da Ribeira do Vale.
Saí da aldeia pelo caminho que lá mais à frente ladeia a Ribeira do Vale até á sua foz.
Neste local, onde a ribeira se encontra com o Rio Tejo, formou-se uma ilha a que dão o nome de Cabecinho. Depois de seguir o caminho até à margem do rio, voltamos atrás e fomos até à ilha, passando por duas pontes suspensas, a primeira sobre a Ribeira do Vale e a segunda mais à frente, para ligar à Ilha do Cabecinho. Esta ilha é pequenina . . .uma ilhota, por assim dizer. Nela encontramos uma casa em ruinas, alguns pinheiros e uma mesa e ba…