Avançar para o conteúdo principal

"Convívio de Fim de Ano do Pinto Infante"

Mais uma vez, o amigo Pinto Infante, juntou umas dezenas de amigos num convívio de fim de ano para a rapaziada pedalante.
Sendo eu um dos previlegiados, desde o primeiro ano, não poderia de qualquer forma, faltar a este convívio. Tanto mais, que é uma das manifestações onde se junta a família betêtista, sobre a batuta do Pinto Infante. Um amigo e companheiro do pedal, que gosta de explorar e partilhar com os amigos, as suas descobertas e vivências, das suas investidas no campo, com a sua inseparável "Spec", sempre em busca de novos trilhos e passagens singulares, que religiosamente guarda no seu baú, como carinhosamente gosta de lhe chamar, para mais tarde partilhar com os amigos.!!!
Assim, o nosso amigo Pinto . . . O Infante, mais uma vez nos supreendeu com uma mão cheia de belos trilhos, single tracks e passagens peculiares.
Conseguiu juntar neste convívio cerca de 60 amigos, que com ele pedalaram e se divertiram durante os cerca de 50 kms do percurso, com passagem nas povoações de Vale da Torre, Zebras e S. Miguel D'Acha, onde não faltou a surpresa do costume. Desta vez, uns enchidos grelhados, com uns belos queijinhos e a inseparável "pinguinha" a acompanhar. Para colmatar este "singelo" abastecimento, o Bolo Rei, veio dar uma achega a esta data festiva.
Regressados à Lardosa e após o banhinho retemperador, a rapaziada juntou-se á mesa, para degustar o almoço, que este ano substituiu o bacalhau, por uns bifinhos "avec" champinhons, dito à moda do Pinto Infante.
A malta presente, conviveu e confraternizou. Beberam-se uns "canecos", contaram-se umas "historietas" e acimentaram-se amizades, ficando no ar novas promessas.
Obrigado amigo Pinto Infante, por me manteres na tua lista de amigos e que, durante muitos anos, possamos continuar a desfrutar deste nosso saudável hobi, que é o Btt.
Este ano, dei descanso à digital, daí, este texto não estar "ornamentado" com as habituais fotos, optando por um pequeno filme.
.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . .ou fora deles.
AC

Filme

Comentários

Pinto Infante disse…
ah ganda "cochopo" a fazer filmes. obrigado pela tua presença Cabaço, e como tu dizes és dos pioneiros neste tipo de confraternização. lembras-te 2007?!
18 de Dezembro 2011, regista na agenda.
Por aí, ou fora daí, com Saúde são os votos de:
as voltas do Pinto Infante
OFF ROAD BIKERS disse…
OLÁ DESEJAMOS A TODOS UM FELIZ 2011 COM MUITA SAUDE E MUITA PAZ!!! QUE 2011 SEJA DE MUITAS CONQUISTAS QUE TODOS POSSAM SEMPRE ESTAR NO ALTO DO PODIUM. MUITOS QUILOMETROS DE TRILHAS E ESTRADAS NESTE PROXIMO ANO. ESTAREMOS JUNTOS COMPARTILHANDO NOVAS HISTORIAS PELO BLOG. FORTE ABRAÇO DA EQUIPE OFF ROAD BIKERS

Mensagens populares deste blogue

"Passeio de Mota pela Galiza"

Mesmo com a meteorologia a contrariar aquilo que poderia ser uma bela viagem à sempre verdejante Galiza, 9 amigos com o gosto lúdico de andar de mota não se demoveram e avançaram para esta bonita aventura por terras "galegas"
Com o ponto de inicio no "escritório" do João Nuno para a dose cafeínica da manhã marcada para as 6 horas da manhã, a malta lá foi chegando.
Depois dos cumprimentos da praxe e do cafezinho tomado foi hora de partir rumo a Vila Nova de Cerveira, o final deste primeiro dia de aventura.
O dia prometia aguentar-se sem chuva e a Guarda foi a primeira cidade que nos viu passar. Sempre em andamento moderado, a nossa pequena caravana lá ia devorando kms por bonitas estradas, algumas com bonitas panorâmicas.
Cruzamos imensas aldeias, vilas e cidades, destacando Trancoso, Moimenta da Beira, Armamar, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Parada de Cunhos, Mondim Basto e cabeceiras de Basto, onde paramos para almoçar uma bela "posta", que es…

"Volta vadia a ver o mar"

"A felicidade é um fim de tarde olhando o mar" (Marina Nader)
 . . .e foi esse o objetivo deste meu passeio de bicicleta, que gosto de chamar de "volta vadia". Ir ver o mar na Figueira da Foz.
Delineei o percurso, circular como sempre, juntei um grupo de amigos, também eles fãs deste tipo de passeios velocipédicos e fizémo-nos à estrada.
Saímos de Castelo Branco pelas 06h00 e fomos tomar o primeiro cafezinho da manhã à Pastelaria "Estrela Doce", na Sertã, onde o meu irmão Luís nos esperava.
Depois da dose cafeínica e do pastelinho de nata, seguimos para Condeixa a Nova, o local de partida e chegada desta nossa pequena aventura, estacionando as viaturas no parque auto do Lidl.
Cerca das 08h30, já pedalávamos em direção a Ega, a primeira povoação que passaríamos rumo à Figueira da Foz.
O dia estava ótimo para pedalar e o pouco vento que se fazia sentir era nosso aliado.
Sempre em ritmo animado e em alegre cavaqueira, como é habito, quando algumas "per…

"O outro lado da Estrêla"

Uma vez mais, resolvi fazer umas das minhas "voltas vadias", programadas para este ano, que espero mais rico em aventuras lúdicas e de partilha com amigos. Criei um percurso que chamei de "o outro lado da Estrela", pois a nossa querida Serra da Estrela só é conhecida pela maioria da malta pelas " Torres, Adamastores e outros alimentadores de egos". Mas a serra não é só isso, tem o outro lado, bem bonito por sinal, repleto de lindas panorâmicas e bonitas aldeias. Umas históricas, outras não, mas todas elas com encanto e uma história para contar. Juntaram-se à minha ideia, 14 companheiros e amigos, todos eles ávidos de uma boa aventura e bons momentos de convívio e sã camaradagem. Juntámo-nos na Rotunda da Racha, junto à loja do David, a Feelsbike, pelas 07h00, rumando seguidamente ao Vale da Amoreira, onde estabelecemos o "paddock", junto à Casa de Pasto Ideal, para uma reposição calórica e hidratação atempada, logo após a chegada. Saímos para a…