segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

"Soalheira"

Ontem à noite, o Carlos Sales telefonou a desafiar-me para uma voltinha de btt.
Hoje pelas 08h, saímos então para uma voltinha pouco altimétrica e em ritmo calmo, tanto mais que a grande maioria dos trilhos encontram-se bastante enlameados.

Saímos em direcção à Coutada do Vaz Preto e rumámos à Povoa de Rio de Moinhos, passando pela Quinta de Valverde e Vale Coelheiro.

À passagem pela Capela de Nª. Sra da Encarnação, seguimos em frente, em direcção à Mingrocha, mas antes, virámos à direita e cruzámos a Ribeirinha pelo pontão. Tomámos a direcção do Carrapiço e após a passagem pelo Vale Paviola, chegámos à ponte onde o Rio Ocreza descarrega as suas águas na albufeira da Barragem da Marateca.

Parámos um pouco naquele bonito local e apreciámos aquela imensidão, que nesta altura do ano, proporciona paisagens explendorosas.

Subimos um pouco, à Rosmaninheira e seguimos o estradão para a Soalheira, onde parámos no Café do Cravo, para a matinal dose de cafeína.

Saímos da aldeia, agora com rumo à Lardosa, com passagem pelo lameiro de Almeida.
Desta vez não parámos na lardosa e seguimos para Alcains pela Seixeira, Folha da ladosa e Fonte do Sapo.

Parámos de novo em Alcains para repor energias, seguindo depois, já em direcção à cidade, onde entrámos pela Atacanha e Pinheiro Manso, com 63 kms percorridos em trilhos enlameados e escorregadios.
Foi divertido!!!
<>
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . .ou fora deles.
AC

Sem comentários: