sábado, 23 de novembro de 2013

"Passeio outonal"

Após dez dias de jejum ciclístico e com a ultima semana a praticar step na escada da azeitona, juntei-me hoje à rapaziada para uma voltinha com a  minha "é".
Na Rotunda da Racha compareceram hoje o Vasco Soares e um seu amigo, cujo nome não recordo, o Álvaro Lourenço, o Jorge Palma e eu.
No Ribeiro da Seta juntou-se-nos um "alentejano de gema", cujo nome também não recordo. (ai as brancas!!)
Com um agradável "grupeto" de seis lá fomos  até ao Cabeço do Infante, onde parámos para o cafezinho da manhã e dois dedos de conversa.
A manhã estava bastante fria e o complemento cafeínico deu-nos algum alento para continuar as nossas suaves pedaladas.
Passámos por Sarzedas e tomámos a direção da Azenha de Cima, continuando por Vale Maria Dona, Grade, Pousafoles e Vale Ferradas até entroncarmos na N112.
Passada a ponte sobre a Ribeira do Tripeiro, virámos à esquerda para o Barbaído, passando depois pelo Freixial, Tinalhas e Povoa de Rio de Moinhos até Alcains, onde entrámos na N18 que nos trouxe de novo até à cidade.
Os meses de outono/inverno, aliados ao frio, ventos gélidos e mais agasalho, tolhem-nos um pouco os movimentos, pelo que, na parte que me toca, aproveito para pedalar ainda mais descontraidamente e dar tempo a este já bem "curtido" corpinho para que descanse o suficiente para na primavera/verão estar rejuvenescido e pronto para uma ou outra aventura mais atrevida.
Chegámos à cidade ainda cedo e com 74 kms pedalados, mais que suficientes para manter o "cabedal" ativo.
Uma última paragem no café "O Italiano" para uma sossegazita e regressámos a casa satisfeitos com mais um  "sossegado" passeio asfáltico na companhia de amigos.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: