quarta-feira, 12 de maio de 2010

"Uma mirada à nova ponte sobre Alpreade"

Hoje, quarta feira, na companhia do Carlos Sales, de volta aos trilhos, do Pedro Barroca, com a sua exclusiva "Salsa" e do Filipe, regressado às quartas, fomos dar uma espreitadela às obras da nova Ponte sobre a Ribeira de Alpreade, no Lurgo da Nogueirra.
Uma manhã cheia de peripécias e de puro divertimento, daquelas em que o stress é mesmo irradiado destas poucas horas de animação e camaradagem.
Saímos da Pires Marques pelas 08h10 rumámos à Quelha dos Desembargadores, agora num autêntico "caos" derivado à passagem dum tractor que com os seus rastos deixou quase impraticável algumas secções do trilho.
Passada a zona do Alagão e do Curral do Prego entrámos no Monte Brito em direcção aos Escalos de Baixo com passagem pela Vinha do Marco.
Nos Escalos tomámos o cafézinho matinal e seguimos em direcção à zona da Mata, rumando depois em direcção ao Lurgo da Nogueira, por trilhos onde particularmente gosto de pedalar e onde sempre acontecem algumas peripécias, ora com a lama, ora com as diversas manadas de gado vacum que por ali apascentam
Chegados à Ribeira de Alpreade verificámos que aquela ainda leva um grande caudal, dificultando a passagem para a outra margem, onde também conheço uns óptimos trilhos até Oledo e onde mais tarde pretendo dar umas pedaladas.
As obras estão ainda quase no seu início, mas dá para ver que a ponte vai ter algum porte, pela estrutura dos seus pilares.
Seguimos depois em direcção às Terras da Navancha e seguidamente até à Lousa, toda ela engalanada para os festejos deste fim de semana, em honra da sua padroeira.
Nova paragem no café da simpática senhora, cujo nome não recordo, para uma bebida refrescante e seguimos para os Escalos de Cima e Alcains já em direcção à cidade.
Foram 56 kms de lúdico btt, na companhia de amigos e bons companheiros, numa manhã bem animada.
Hoje, resolvi levar acoplada à minha bike a máquina de filmar e entretive-me a filmar uns pequenos trechos, mas ao chegar a casa verifiquei que afinal não filmara nada, pois levava a máquina mal configurada.
Fica para a próxima. Que me desculpem os meus companheiros, pois havia por lá umas cenas bem engraçadas que "foram à vida".


Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos,
ou fora deles.
AC

Sem comentários: