sábado, 30 de janeiro de 2016

"Paiágua, Cardosa e Sarzedas"

Hoje, na companhia do Jorge Palma, fomos dar umas pedaladas pela bonita estradinha do pinhal, que liga a Paiágua à Cardosa.
Saímos da cidade pelas 09h00 e rumamos à Paiágua, com passagem pelo Salgueiro do Campo e Lameirinha.
No velho café/mercearia local tomamos o cafézinho da manhã e mantivemos animada conversa com o proprietário, pessoa de bom trato e conversa fácil.
Abandonamos a aldeia e seguimos para a Cardosa por uma panorâmica e estreita estradinha, bem ondulada e curvilínea, com passagem pelas pequenas aldeias de Silvosa e Vinha.
Um dos bonitos momentos do nosso passeio de hoje.
A chegada à Cardosa, foi como sempre, arfante e de pendente sempre a superar os dois digitos, que teve continuação até ao entroncamento com a M.548.
Já bem mais aliviadinhos foi sempre a descer até ao Pé da Serra, onde encostamos á bonita Ribeira da Azenha, sempre com bonitos recantos, aqui e ali,  na nossa passagem pela Azenha de Cima, Monte Goula e Gatas.
Passamos as Sarzedas e paramos no chafariz, à saida da vila, para o Jorge atestar o bidon de água.
Agora com um ritmo mais fluido, passamos o Cabeço do Infante e Vilares, para descermos à velha ponte medieval sobre o Rio Ocreza e enfrentarmos a última dificuldade do dia com a subida à Taberna Seca.
Até à cidade foi um instante e, pelas 12h45, tinhamos praticamente completado o nosso passeio de hoje, com 76 sofridinhos kms por algumas das belas estradinhas cá do nosso condado.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: