terça-feira, 2 de dezembro de 2008

"Lardosa II"

No passado Domingo, eu AC, Carlos Sales, Nuno Maia, Álvaro, João Afonso, Jorge Palma, Pedro Barroca e Nuno Dias, fomos os protagonistas de mais uma tirada até à Lardosa, com regresso pela Barragem da Marateca, ou seja, a malta está a aconchegar-se à planura e à altimetria mínima.
Será o acumulado de um ano de pedaladas, ou apenas precisam de um empurrãozinho??
Eu como agora ando numa de SS e stou a adorar, apesar da dureza da "coisa", vou-me mantendo caladinho e vou na molhada pois enquanto não me adaptar bem e não tiver os meus testesinhos bem calibrados, vou-me deixar andar.
Quanto ao pecurso, a mesma saída, a mesma entrada e os mesmos trilhos até ao "Café Tá-se Bem", na Lardosa, como no Domingo anterior, apenas mudou o pagador dos cafézinhos, que desta vez calhou ao João Afonso, por ter sido o último a chegar.
Pouco depois de abandonar-mos a Lardosa, o Nuno Dias furou e como tinha compromissos, resolveu rumar à cidade por alcatrão, após trocar de câmara de ar.
O regresso foi um pouco diferente, por termos contornado a Barragem por fora, rumando depois à Póvoa de Rio de Moinhos, com nova paragem para abastecimento líquido no Café do Clube.
Com passagem no Santuário de Nossa Sra da Encarnação, continuámos a nossa pedalada pelas 3 toneladas e Quintas de Valverde, para entrarmos na cidade pela Tapada das Figueiras e Parque de Campismo, com 60 kms percorridos em amena cavaqueira.

Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos
AC

Sem comentários: