segunda-feira, 26 de abril de 2010

"IV Passeio dos Pênêvês"

No domingo desloquei-me a Proença-a-Nova para participar no "IV Passeio dos Pênêvês" e reencontrar velhos amigos das lides bêtêtistas.
Desta vez ía mesmo para descontrair e palmilhar calmamente aquele bonito percurso, acabando por me juntar a um grupo de rapaziada que leva este desporto numa boa.
Eu, o Pequito, o meu irmão Luís, o Mário e outro companheiro que agora não recordo o nome, fizemo-nos então aos trilhos, comprometendo-me a acompanhá-los até final.
Organizado pela rapaziada dos Pênêvês, era garantido um passeio ao estílo "familiar" e também um empeno para alguns, pois a orografia da zona não perdoa . . . 1900 metros de acumulado em 59 kms!!!
Não havia as chamadas paredes, mas havia longas e desgastantes subidas, aliadas a soberbas paisagens a perder de vista . . . e estas, quer queiram, quer não, só são visíveis lá bem do alto.
Mas não foram só subidas, foram também as correspondentes e divertidas descidas.
Para quem participou nos Trilhos da Açafa deste ano em Vila Velha de Rodão, ainda não esqueceu certamente os bonitos single tracks à beira Tejo.
Em Proença, fomos brindados com uma "mão cheia" de single tracks, com destaque para os das Cimadas, do Rafael e dos Vales de Cardigos.
Cruzámos ainda as Ribeiras dos Vales, do Rafael, das Corcóvas, das Cimadas e a do Vergão, onde foi construída aquela singular ponte em madeira . . . simplesmente espectacular e original.
Num sobe e desce quase constante, conhecemos as aldeias e povoações dos Vales, Cimadas, Fundeiras e Cimeiras, Vergão, Maljoga, Malhadal, Rafael e Corcóvas, num percurso circular que começou e terminou em Proença-a-Nova.
Ficaram-me na retina as explêndidas paisagens e na memória os adrenalínicos single tracks, alguns ladeando cursos de água. As longas subidas, que nos faziam constantemente olhar o céu em busca do seu términus e descidas para descarregar o excesso de adrenalina.
Gostei do passeio, inserido num percurso algo duro, isso é um facto, mas para quê "barafustar" . . também havia uma versão de 30 kms para quem não se dá com este tipo de dureza!!!
Gostei de rever alguns amigos e para o ano, se puder, lá estarei novamente.

Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos,
ou fora deles.
AC
Galeria fotográfica

"IV Passeio dos Pênêvês"

Sem comentários: