terça-feira, 29 de novembro de 2011

"Belgais"

Hoje, tive como companheiro de pedaladas, o Jorge Palma.
Com pouco tempo e horário apertado, idealizámos uma volta relativamente pequena e com uma bonita envolvente panorâmica.

Fomos até Belgais, ainda não hà muito tempo, nas luzes da ribalta, quando habitada pela pianista Maria João Pires.
Saímos da cidade pelas 09h30 e rumámos aos Escalos de Baixo, onde parámos no café "O Lanche", não para lanchar, mas para ingerir a matinal dose de cafeína.
Seguimos depois em direcção à Monheca, onde virámos à direita para a panorâmica "estradinha" que seguimos até a seu términus, a parte alcatroada, em Belgais.
Parámos no início da descida áquele belo recanto, para nos deliciarmos com a bonita paisagem sobre o Vale do Ponsul, hoje envolta numa ténue neblina, que lhe dava um ar quase fantasmagórico.
Parámos depois na entrada da propriedade, onde nos demorámos um pouco à conversa, observando aquela pitoresca propriedade.
No regresso, esperáva-nos a subida, que hoje, até deu para ir na conversa, aliás, foi uma constante durante todo o trajeto.
Observando a vasta zona de olival e, aqui e ali, o pessoal na sua labuta da apanha da azeitona, chegámos de novo ao alto da Monheca, onde tomámos o rumo de Escalos de Baixo e Escalos de Cima.
Como ainda havia tempo, seguimos para Alcains e seguidamente Castelo Branco, onde chegámos pelas 12h20, com 57 kms bem agradáveis, como eu gosto nesta altura do ano, sem "conquistas, nem algazarras". Apenas pedalar, conversar quando em companhia e, sobretudo, desfrutar.

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC

1 comentário:

Silvério disse...

Estou a ver que o Jorge interrompeu o estado de "hibernação"! Eheheheh! Parabéns! É sempre bom ver as estradas cheias de companheiros de hobby!
Abraços
Silvério