sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"Estou de Volta"

Após uma quinzena bastante atribulada, estou de volta aos trilhos e ao asfalto. . .assim espero!!!
Aproveitando a companhia do Carlos Sales e, em jeito de preparação para a Rota das Aldeias de Xisto, no próximo domingo, na bonita Serra da Lousã, fizémo-nos aos trilhos.
Fui ter com o Carlos à Pastelaria "A Ministra", na Carapalha e, após o cafézinho matinal, demos início à nossa aventura de hoje.
Rumámos à Represa e seguidamente aos Amarelos, onde após alguma hesitação, não resistimos à "gula" e fomos em busca do Panike de chocolate, na padaria local.
Seguimos agora em direcção às Ferrarias, "rasando" a Carapetosa e descendo para o Rio Ocresa, que cruzámos, pela sua estreita ponte, que tem os dias contados, após a construção da nova barragem, na Ribeira do Alvito.
Subimos às Ferrarias e com passagem no Azinhal e Bozelha, chegámos a Santo André das Tojeiras.
Saímos em direção a Porto Gola e subimos ao VG das Pousadas, já a pensar na paragem no Café do Pinta, no Casal das Águas de Verão, onde chegámos após passagem no Carrascal.
Alí mantivemos uma conversa animada com a proprietária e um pouco virada ao "macabro", enquanto bebiamos uma coca cola e mastigávamos uma barra energética.
Passámos depois pelos Pereiros, Barrocas e Lomba Chã, até que chegámos à Nave, onde tomámos o rumo dos Vilares de Baixo e de Cima.
Com quilometragem já suficiente para um reinício, após uma quinzena de paragem, resolvemos encurtar um pouco e, sendo impossível passar o rio a vau, entrámos no asfalto, regressando à cidade pela Taberna Seca.
Foram 69 kms bem divertidos e em trilhos que nos deram bastante gozo, pois encontrando-se bastante pesados, enlameados e escorregadios, proporcionaram-nos alguns momentos engraçados e descontraídos.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC

Sem comentários: