sábado, 24 de outubro de 2015

"Póvoa Rio Moinhos, Marateca e Atalaia do Campo"

Depois de uma semaninha para debelar o stress do quotidiano, nada melhor que uma voltinha descontraída com a minha "ézinha" para manter o rabinho calejado e a mente sã.
Saí de casa já depois das 08h00 e pela Milhã, fiz-me à estrada em direção à Póvoa de Rio de Moinhos, com passagem por Caféde.
parei na pastelaria "Flôr do Outeiro" e ali tomei a matinal dose de cafeína acompanhada com o respetivo pastelito de nata, calmamente, tentando antecipar a hora a que começaria a chover, pois o céu indicava que a chuva estava eminente.
À saída ainda me encontrei com o Rui e a Sandra Tapadas e um outro companheiro que não reconheci. 
Por escassos minutos não tive companhia para o cafézito!
Passeio o paredão da barragem , entrei na N.18 e ums centenas de metros mais à frente fleti à esquerda, agora com o rumo virado à Soalheira.
Cruzei a aldeia e segui para a Atalaia do Campo, pela estação, seguindo depois a estradinha panorâmica para as Zebras, onde entrei na M.558 em direção à Lardosa.
Depois de ladear a estação ferroviária, segui para os Escalos de Cima e depois Escalos de Baixo, já de regresso à cidade, onde cheguei pelas 11h15, com as primeiras pinguitas a querer molhar o asfalto.
Gostei do passeio de hoje, entretido com os meus pensamentos e planificações, que culminou após 75 kms pedalados numa manhã ameaçadora, mas que me deixou chegar a casa ainda enxutinho.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: