terça-feira, 26 de junho de 2007

"Uma volta a ver o Tejo"

08 de Julho
#2º. Raid AC-Trilhos e Aventuras#
"Uma visita à Gardunha"
90 kms em autonomia
Partida às 08h
P. Infantil da Pires Marques
.o0o.

altimetria

percurso google

.o0o.

Pensamento:
"As dificuldades não esmagam um homem, fazem-no."
(Arthur Meighen)
.o0o.
Hoje quando cheguei ao local de encontro já ali se encontrava o Micaelo.Chegaram depois o Filipe e o Marco. o Martim e o Dino e o João Valente.
Logo quando cheguei, comentei com o Micaelo, que hoje iriamos dar uma mirada ao Tejo, lá para o Monte Fidalgo e tomar café em Perais.
Já com a malta toda reunida, o Dino disse que tinha que estar em Castelo Branco às 12h, mas que quando chegasse a sua hora que regressava e o Marco torceu o nariz ao percurso, que não estava muito bem fisicamente.
Mas havia malta que ainda não conhecia este percurso, nomeadamente o João Valente e o Micaelo e não iría-mos privá-los destes belos trilhos.
Saímos em Direcção a Maxiais e o Marco logo no início abandonou o grupo.
Na zona dos Maxiais, passámos por umas "quelhas" engraçadas e iniciámos a descida paralela ao Vale do Sapinho até à Ribeira do Barco, agora com fraco caudal, para iniciar-mos a subida para a zona dos Macarros, onde o Martim furou.
Câmara de ar reposta e continuámos até à estrada para Alfrívida, virando à esquerda para cruzar a Ribeira de Alfrívida e começar a subir para a Sra dos Remédios, onde apesar de usar tubeless, também furei, mas a "nhanha" aguentou o furo após umas bombadas de ar e em Monte Fidalgo voltei a "bombar", aguentando-se até final do percurso sem mais problemas.
Aí, o Dino e o Martim regressaram a Castelo Branco por estrada e nós continuámos o trajecto inicialmente delineado.
Logo após o Monte Fidalgo pretendemos espreitar a Barragem de Cedillo, mas o caminho encontava-se lavrado e optámos por desistir, contentando-nos mais à frente por contemplar o Tejo, lá no alto, numa paisagem espectacular.
Dalí demos início a uma divertida descida numa série de curvas e contracurvas com rumo aos Perais, onde parámos para tomar café e conversar um pouco.
Dalí seguímos para o Vale Pousadas, pela Meia Légua, para atacarmos seguidamente a Ladeira de S. Gens, que quase nos esgotou o depósito glucémico.
Antes parámos a meio da ladeira para apreciar a grandeza da paisagem, que nos deliciou o olhar a perder de vista.Abandonámos depois o estradão principal para atalhar-mos em direcção à Sra da Guia, onde parámos na fonte ali existente e presenciámos o estado em que ficou o parque de merendas após ter sido alvo duma "corja" de vândalos que quase o destruíram na totalidade.
Pura maldade!!! O que será desta geração?
Atravessámos o Retaxo e seguimos para o complexo das Olelas, para nos deliciar-mos com a descida até à passagem superior da via férrea, que acompanhámos paralelamente até Castelo Branco, onde chegámos pelas 13h20, com 67 kms percorridos.

"Domingo vem pedalar connosco!!"

(Comparece no P.Infantil da Pires Marques pelas 08h)

Até lá

AC

Sem comentários: