quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Para desmoer"

Depois da volta de ontem, onde o João Afonso, com o intuíto de tirar a ferrugem, levou o pessoal para muito maus caminhos, longos e duros e, não fosse a choradeira para ter pena de nós, estávamos agora todos acamados e a soro. eh eh eh!!!
Valeu-nos o riquíssimo abastecimento no Casal das Águas de Verão, que estava divinal. Ainda sonho com aquelas fêverazinhas, aquele chouricinho, aquelas azeitoninhas, aquele pãozinho, aquela pinga e também aquela excelente camaradagem.
Mas avancemos!!!
Hoje, eu, AC, o Pedro Barroca, o João Caetano e o Carlos Sales, resolvemos ir dar uma "volteca" de btt, bem mais moderada e para desmoer toda aquela comidinha e reparar os estragos causados no perfil.
pouco antes das 09h fui ter com o Pedro que já andava as voltinhas junto à nova urbanização na Avenida do Brasil e com a conversa, acabei por me esquecer do Carlos, com quem combinara para as 09h na pastelaria "A Ministra".
Fomos então até ao café nas traseiras da Clínica das Violetas, onde esperámos pelo João e onde o Carlos foi ao nosso encontro.
Depois do cafézinho e como estávamos "amuados," por ontem termos chegado tarde aos panikes nos Amarelos, hoje fomos logo lá direitinhos.
Antes, fizemos uma passagem pelas Benquerenças, para nos divertirmos um pouco nalguns dos bonitos singles que por ali abundam.
Depois sim, pelos trilhos do costume lá chegamos à padaria Canelas, nos Amarelos.
Hoje havia panikes e lá "roemos" um cada um.
Mas havia por lá um cheirinho, que não nos deixava abandonar o estabelecimento. Eram os pãezinhos com chouriço que estavam a acabar de fazer. Lá esperámos, pacientemente mais 5 minutos e papámos mais um daqueles espectaculares pãezinhos ainda a escaldar. Maravilha!!!
Contornámos seguidamente à Serração das Sarnadas, onde demos início a uma série de bonitos e pouco usdados trilhos, que nos divertiram imenso.
Sempre na brincadeira e com um ritmo calmo e relaxante, fizemos ainda uma passagem pelos Maxiais, para uma passagem por um dos singles da zona, este ainda não cartografado pelos "singlodependentes" cá da zona e, efectuamos a última paragem no único café da aldeia, para beber uma bjeca.
Cruzámos as Olelas e rumámos a Castelo Branco, agora pela antiga N.18, pois já estávamos satisfeitos.
Foram 48 kms bem pedalados e bastante animados, ficando a promessa de nos voltarmos a encontrar, agora no próximo sábado, pelas 08h, para rumarmos a Fátima, na minha peregrinação anual, em Btt.
.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos,
ou fora deles.
AC

Sem comentários: