terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

"Um passeio panorâmico"

Hoje, na companhia do Jorge Palma e do Filipe fomos dar uma voltinha com as asfálticas.
Saímos pelas 09h30 e apenas com cerca de 3 horas para nos divertirmos um pouco.
Com saída da cidade pela rotunda do centro médico, rumámos ao Salgueiro do Campo e Padrão, aldeia onde não entrámos, virando à esquerda para a Grade.
Nesta povoação entrámos no recente estradão alcatroado, descendo à Ribeira e subindo à Malhada do Servo, uma peculiar aldeia de uma só rua longitudinal, mas comprida.
Tanta vez por ali passei de btt e agora, pela primeira vez com a "asfaltina", no estradão agora asfaltado, mas que me parece que vai ser de pouca dura. Já há zonas onde o alcatrão está a ceder. Estou em crer que após umas valentes chuvadas e umas passagens com os tratores e outros veículos, vai ficar ainda pior do que o anterior estradão.
Porém é uma bonita estradinha panorâmica e que agora, noutra perspetiva, gostei bastante de lá pedalar.
Da Malhada do Servo continuámos até à Serrasqueira, seguindo depois por Mendares e Pereiros, para virmos seguidamente entroncar na estrada principal para Castelo Branco, na localidade de Vilares de Cima.
Descemos ao Rio Ocreza e enfrentámos a mais dura subida da jornada, à Taberna Seca, onde parámos para a dose matinal de cafeína.
Rumámos depois à cidade, onde chegámos um pouco antes das 12h30, com 62 kms pedalados em bonitas estradas panorâmicas, onde a paisagem superava em muito o esforço dispendido.
Uma bonita reentrada, após uma semana de jejum ciclístico.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC

1 comentário:

Silvério disse...

Afinal não hibernaste!
Nesta volta, deram-me demasiada vantagem, senão tinham-me apanhado! Fiz ontem a parte do Padrão até CB, por volta das 16h, no regresso de SSS a CB.
É de facto um percurso bonito para passear as "amantes elegantes", pena é as areias e pedras na parte asfaltada de novo!
Um abraço
Silvério