sábado, 29 de setembro de 2012

"Vale de Pousadas"

Hoje, juntei-me ao Álvaro e ao Leandro e fomos ter com os irmãos Jalles, o Paulo e o Nuno, que na companhia de três amigos íam treinar para o Skyroad da Lousã.
Como hoje era para eles um dia de andamento moderado, lá os acompanhámos, pois é rapaziada de outro campeonato!
Já o grupo todo junto, oito companheiros, seguimos em direção aos Cebolais de Cima e descemos a Alfrívida.
A manhã, apesar de afastada a hipótese de chuva, brindou-nos com um vento bastante agreste, mas que até então, até ajudava. Mas sabia que tinha que voltar!
Fugindo um pouco ao itenerátio habitual, fomos desta vez por Vale de Pousadas, de onde se vislumbra uma bonita panorâmica sobre o Vale do Lucriz e Tamujais e as Serras do Penedo Gordo, Perdigão e Talhadas.
Junto à Ponte do Lucriz, o Nuno Jalles quis atalhar pelo estradão da Herdade do Cabeço d'Ega, falhando o intento por escassas três centenas de metros, na ligação à estrada que vem do Salgueiral à reta do Coxerro.
Lá voltámos atrás e entrámos na N.18 junto à Serrasqueira, descendo a Vila Velha de Rodão, com passagem pelo Coxerro.
A minha ideia inicial, assim como do Álvaro e do Leandro, era acompanhar o grupo até Nisa, mas, como ainda íam pela Vinagra, onde entrariam na M.526, fazia-se já tarde para mim, pelo que me despedi do grupo em Vila Velha de Rodão.
Fomos até à Bolaria Rodense e ali tomei o cafézinho matinal. Desta vez o único, pois os meus companheiros optaram por se refrescar com umas cocas.
Subimos ao IP2 pelo Gavião de Rodão e pela Távila e rumámos a Castelo Branco, com uma última paragem no café das bombas de Sarnadas, para bebermos algo fresco e nos refazermos um pouco do desgaste causado pela forte ventania que tiveramos que enfrentar.
Chegámos à cidade pelas 12h30, com 82 kms pedalados numa manhã um pouco inimiga para os amantes deste salutar desporto.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou ora deles.
AC

Sem comentários: