Avançar para o conteúdo principal

"Castelo Branco - Parque Campismo Freixial" (Aranhas)

Ainda não foi este ano que falhei a participação neste bonito convívio de amigos e onde a família tem um lugar preponderante.
A ligação em Btt de Castelo Branco ao Parque de Campismo do Freixial, banhado pela Ribeira da Bazágueda, na zona das Aranhas, é por si só aliciante, para quem gosta da prática do btt.
Conviver com a família e amigos, dar um mergulho na piscina e desfrutar dum excelente almoço ao ar livre é reconfortante e retemperador.
Foi tudo isto que aconteceu neste bonito domingo de verão, onde onze amigos se juntaram para se divertirem e conviverem. Numa primeira parte, com as habituais peripécias e bincadeiras que se desenrolaram ao longo dos 83 kms do percurso e, uma segunda parte, em são convívio, já no Parque de Campismo na companhia dos familiares e amigos, onde à mesa se degustava a boa grelhada e o excelente borrego na panela de ferro. As saladas e as bebidas frescas não faltaram, assim como a boa disposição, num belo grupo coeso e animado.
A saída da cidade foi pelas 06h30, com o sol a demorar ainda um pouco a aparecer no horizonte.
O percurso, relativamente ao ano anterior, teve algumas pequenas alterações, logo na parte inicial e desta vez com passagem pela Lousa, onde um elemento de Alcains nos aguardava.
A primeira paragem foi nos Escalos de Baixo (O Lanche) para o cafézinho da manhã.
Já com mais um elemento no grupo, a juntar aos oito que partiram de Castelo Branco, rumávamos agora a S. Gens, onde nos aguardava o primeiro abastecimento com bebida fresca.
Estávamos prontos para a única grande dificuldade do percurso, a subida a S. Miguel pela serra.
Aqui, fomos brindados com o segundo abastecimento, onde as já famosas "bôlas" nos aguardavam e foram do agrado do pessoal.
Juntaram-se ao grupo mais dois companheiros.
Seguimos agora para a Aldeia de Santa Margarida e pouco depois da passagem por um dos afluentes da Ribeira do Taveiró, o José Luís teve a infelicidade de partir o dropout e desviador da sua bike.
Ainda tentámos remediar, pondo a bike em single speed, mas o Zé optou por abandonar, regressando a casa por asfalto.
Na Aldeia de Santa Margarida, mais um abastecimento, o terceiro. Esta malta, não quer mesmo que a rapaziada passe sede.
Cumprindo o trajeto, lá continuámos, passando pela Bemposta e, à chegada às Aranhas, efetuámos a derradeira paragem e quarto abastecimento, sendo este, à semelhança dos anos anteriores, gentil oferta da Junta de Freguesia, com uma singela recordação para todos os participantes.
A descida para o Parque de Campismo foi este ano mais moderada, com o grupo a chegar unido à entrada, onde a família nos aguardava.
Seguiu-se excelente almoço e bonito convívio entre todos.
O jogo da malha veio logo a seguir e preencheu o resto da tarde com momentos bem divertidos, onde a bela mini, foi nossa companheira a curtos espaços.
Posto isto, lá vim eu e o Nuno Eusébio com o "rabinho entre as pernas", pois perdemos o título de campeões da malha, que este ano foi para a Lardosa. (parece que estou a ver o Pinto Infante com aquele sorrisinho nos lábios . . . Grrrr!!!!)
Quero mais uma vez dar os parabéns aos organizadores deste belo convívio e espero continuar a participar nos anos vindouros.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC
 
Clip de filme.
 

Comentários

Pinto Infante disse…
podes crer que estou mesmo a rir...é que perder ou ganhar, é igual, mas a cara com que se fica é que é preocupante!!!
2 anos depois, tive o prazer de puxar ferro como teu adversário, e desta vez, a taça veio para a Lardosa, diga - se e refira-se sem perder um jogo...eh eh.
abraço
Pinto Infante
Anónimo disse…
Este jogo do ferro está a ficar a sério! Parece aquelas velhas rivalidades que havia entre as aldeias! Cabaço,tens um ano para ires treinando e trazer a taça de novo para C. Branco. eheheheh
Queria uma vez mais agradecer a todos pela vossa presença neste evento,sem ela não se poderia realizar.Tb aos que me ajudaram na organição do mesmo. Espero que tenham gostado e tenha valido a pena acordar tão cedo! A todos o meu "Obrigado"! Até pro ano...
Um abraço

Filipe salvado
FMicaelo disse…
Eh pá parece-me que a ida ao Freixial de BTT é só mesmo uma desculpa para poderem jogar ás malhas e medir o pulso entre a Lardosa e CBranco! Acho que vou treinar ferro para ver se pro ano trago a taça aqui pro BTTHAL.
Parabéns ao Filipe e ao Sales por manterem esta tradição de final de verão!

Mensagens populares deste blogue

Alvaiade, Perdigão e Vila Velha de Rodão"

Hoje, com um pelotão mais numeroso, fomos tomar o cafézinho matinal à Bolaria Rodense, em Vila Velha de Rodão. Abandonamos a cidade pouco depois das 08h30 e rumamos ao Perdigão, com passagem por Sarnadas de Rodão e Alvaiade. Seguimos depois pela estradinha panorâmica que liga o Perdigão a Vila Velha de Rodão, usufruindo da bonitas paisagens sobre a Serra das Talhadas e Vilas Ruivas. Depois da pequena tertúlia na Bolaria Rodense e já com os níveis repostos, rumamos à cidade, com passagem pelo Coxerro e Sarnadas. Aqui voltamos a encontrar o Joaquim Cabarrão e o Salvado, que deram uma volta mais pequena e juntos seguimos até à entrada da cidade, onde nos voltamos a separar, pois o restante grupo foi pela variante à Carapalha. Numa manhã já bem primaveril, alinharam para esta bonita volta, além de mim, o Jorge Palma, Tó Pinto, Fernando "Caraíbas", Sr. Silva, António Leandro e o João Salavessa.  Foram 75 kms, repletos de divertidas pedaladas, na companhia deste animado grupo de …

"Hoje fomos à romaria"

A manhã acordou hoje límpida e solarenga, num bom incentivo para um bom par de pedaladas asfálticas. Quando saí da garagem já o Álvaro e o Leandro me esperavam. Juntos fomos até à Rotunda das Violetas, ao encontro do Luís Lourenço e do Nuno Eusébio. Pouco depois chegou o Jorge Palma. Para não perder a prática tive ainda que mudar a câmara de ar da minha roda traseira que vinha com um pequeno furo, originado por uma limalha. Já com a "ézinha" pronta a rodar, fizemo-nos à estrada, abandonando a cidade pela Milhã, rumo ao Juncal do Campo pela estradinha panorâmica da Quinta de Valverde. Cruzamos a aldeia e entroncamos na N.12, onde fletimos à direita, rumo ao Padrão, uma pequena aldeia que este fim de semana se encontra engalanada para a festa da Nossa Senhora da Saúde. Entramos na aldeia e fomos tomar o cafezinho matinal no bar junto ao adro da igreja, gentilmente servido por um senhor, creio que festeiro, que fez questão de oferecer os cafezinhos e que agradecemos. Descemos …

"Rota do Bucho/2016"

Pelo segundo ano consecutivo, resolvi editar a Rota do Bucho, com um passeio pelos trilhos de Malpica do Tejo, uma bonita aldeia onde tenho raízes, que termina à mesa com um belo bucho de ossos à boa moda malpiqueira. Convidei um "magote" de amigos, dos quais dezasseis disseram presente. O ponto de reunião, foi desta vez na Pastelaria Cantinho dos Sabores, na Rotunda da Racha, onde tomamos o cafézinho matinal. Pelas 08h20 partimos em pelotão auto rumo a Malpica do Tejo, onde o Rui e a Sandra Tapadas já nos aguardavam. A previsão era de vento forte e alguns aguaceiros e desta vez o S. Pedro não nos "despontou", mandou mesmo umas belas rajadas de vento e umas belas bátegas de água, que nos atingiram por três vezes, um pouco no início desta pequena aventura, sensivelmente a meio, quando estávamos à vista de um local de abrigo, a aldeia de Lentiscais e no final, em jeito de banho. Pelas 09h00, como planeado, abandonávamos a aldeia rumo ao Monte do Couto do Alberto, en…