domingo, 7 de dezembro de 2014

"Fomos visitar a Barragem Marechal Carmona"

Depois da passeata asfáltica de ontem, hoje, foi um pouco mais do mesmo.
As cores outonais estão no auge e o tempo, apesar de frio, permite umas pedaladas em modo turismo e que alguns companheiros não desperdiçam.
Aos domingos, o "paddock" de saída é junto ao estacionamento do Modelo/Continente e, pelas 08h00, lá compareci na companhia do António Leandro.
O Paulito já por ali andava e logo depois chegou o Afonso e uns minutos depois o Paulo Jales.
Combinamos ir fazer uma visita à Barragem Marechal Carmona, vulgarmente conhecida pela Barragem de Idanha.
Com um friozinho de murchar orelhas, abandonámos a cidade em direção a Idanha a Nova.
No final da reta do Lanço Grande, o Paulo Jales abandonou o grupo e nós seguimos em frente, com passagem por Escalos de Cima, S. Gens e Oledo.
Chegados a Idanha a Nova, fomos até à pastelaria do Intermarchê em busca do bolinho e  respetivo café.
Acompanhamos a dose cafeínica com um saboroso "napolitano", que soube que nem ginjas!
Descemos seguidamente à Senhora da Graça e fletimos à esquerda em direção à barragem.
Linda como sempre, foi assim que encontramos aquela grande albufeira, com água a perder de vista, criando belos recortes nas suas margens e, lá bem a fundo, o Monte - Ilha onde se encontra alojada a bela e mais portuguesa aldeia de Portugal . . . Monsanto!
Fizemos o percurso da barragem, nas calmas e com várias paragens para uns clicks digitais, regressando de novo à Senhora da Graça e tomarmos o rumo aos Ladoeiro.
Aqui, viramos à direita e descemos à Ponte da Monheca, onde cruzamos o Rio Ponsul e enfrentamos a subida do dia aos Escalos de Baixo e, pouco depois, entramos na cidade, após 88 kms percorridos em modo turístico e na companhia de alguns amigos.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: