terça-feira, 18 de setembro de 2007

"Maxiais e arredores"

Pensamento:
"A juventude seria a época ideal da vida se chegasse um pouco mais tarde"
(autor desconhecido)


.o0o.
Hoje, apenas o Dino e o Martim compareceram para a volta das terças e eu também não estava interessado em grandes "cavalgadas" pois ainda estou um pouco "amassado" da subida à Torre no passado Domingo.
Neste momento, precisava era mesmo dum passeio descontraído para relaxar o "esqueleto" e não foi exactamente o que aconteceu, mais pela orografia do terreno, que fui eu que escolhi, que pelo andamento imposto.
Pelas 08h10, saímos da Pires Marques em direcção aos Maxiais, pelo percurso habitual.
Chegados aos Maxiais, fomos dar uma espreitadela ao único café da aldeia, para ver se já estava aberto, mas batemos com o nariz na porta. Ficaria para o regresso, se o retorno fosse por alí.
Descemos pelos trilhos escolhidos para a "II Maratona ACCB" e cerca de 5 kms depois virámos à esquerda para os lados da Ribeira do Muro.

Por alí vagueámos em belos trilhos que serpenteavam pelas encostas que ladeiam as Ribeiras do Barco e do Muro e que nos proporcionaram observar as belas paisagens que dalí se avistam, em várias direcções.
Regressámos depois pelo vale onde atravessámos velhos olivais de muita beleza, vindo a entroncar no ponto de viragem, para agora em sentido inverso, efectuar a dolorosa subida para os Maxiais.
Desta vez o café já estava aberto e ali "abancámos" algum tempo, tomando o cafézinho da manhã e dando dois dedos de conversa.
Ainda era cedo, mas eu tinha alguma pressa em chegar à cidade, pelo que encetámos o regresso, pelos mesmos caminhos, pisando a urbe pelas 11h10, com 37 kms percorridos em trilhos e paisagens de rara beleza.
Domingo dia 23, há pedalada. # "Em busca do genuíno Bísaro" #. Concentração pelas 08h na Pires Marques.
Até lá
AC

1 comentário:

FMicaelo disse...

Com muita pena minha não vou estar presente para papar uma orelha ao bisaro... eu bem queria mas o trabalho assim o exige...fica pá próxima. A quem for uma boa voltinha! E claro, comam um bom naco bem regado! Ehehehehe