sábado, 1 de fevereiro de 2014

"Casal da Serra"

Hoje, foi dia de pedalada asfáltica, com passagem pela altaneira aldeia do Casal da Serra, que provoca sempre na rapaziada, para uns uma bela "pica", para outros, alguma "angústia", mas que, no final todos acabam por gostar.
Hoje o grupeto estava bem composto, comigo, Jorge Palma, Nuno Maia, Rui Salgueiro, António Leandro, Nuno Eusébio, Luís Lourenço e Agnelo Quelhas, que hoje deixou o protour e veio pedalar com as "arrastadeiras" da classe continental.(brincadeira!)
Deixámos a cidade pelas 08h10 e rumámos a Alcains pela N.18, continuando até à rotunda da Lardosa.
Virámos depois à esquerda para o Louriçal do Campo, a rampa de lançamento para os 3 "musculados" kms de ascensão ao Casal da Serra.
O friozinho matinal vindo dos lados da serra da estrêla e o forte vento frontal, dificultou bastante a progressão. A subida, cada um fê-la ao seu ritmo e a paragem para reagrupamento junto ao fontanário do Casal da Serra, foi ponto obrigatório.
Descemos depois a S. Vicente da Beira, com o horizonte a mostrar-nos a beleza da barragem do pisco, vista lá do alto, um belo pano de fundo, antes da paragem na pastelaria em S. Vicente da Beira, para a matinal dose de cafeína, que a malta já vinha a reclamar.
Abandonámos aquela povoação e seguindo para Tinalhas, agora num ritmo um pouco mais vivo, virando depois o azimute ao alto do Salgueiro do Campo, com passagem por Freixial e Juncal.
O nosso próximo objetivo era já a cidade, descendo ao Rio Ocreza, para enfrentar a última ascensão do dia.
Reagrupámos novamente junto ao Centro de Saúde, onde eu, o António Leandro e o Rui Salgueiro nos despedimos dos restantes companheiros, pois moramos em locais opostos na cidade.
Um bom grupo de rapaziada amiga, uma voltinha engraçada, que culminou com 70 divertidos kms por algumas das bonitas estradas cá do nosso belo interior.
Hoje a minha digital deu-me uma nega, pelo que as fotos hoje postadas são da autoria do Agnelo (bem haja)
Amanhã é dia de mordiscar o bísaro, após mais umas pedaladas de btt, inserido num belo magote de amigos, ali para os lados do baixo Ocresa.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC 

Sem comentários: