domingo, 13 de setembro de 2015

"Soalheira"

Hoje os meus companheiros de pedalada queriam uma voltinha calma, curta e descontraída . . .e eu também!
Para dureza, chegou ontem num estafante dia de vindima e moagem da uva.
Hoje apetecia-me dar um passeiozinho com a minha "ézinha" e a companhia do Jorge Palma e Nuno Maia foi o mote para saír de casa um pouco das 08h00 para o nosso "paddock" do costume, na Rotunda da Racha.
Com o café da rotunda agora aberto e gerido pelo João (Carteiro), aproveitei para logo ali tomar a primeira dose de cafeína enquanto esperava pela malta.
Pouco depois chegaram o Jorge e logo a seguir o Nuno e resolvemos ir até ao bar da "Paulinha", nas bombas da Soalheira, para tomar o cafézinho.
Rumamos aos Escalos, os de Baixo e os de Cima e viramos o azimute à Lardosa, onde entramos na N.18 por onde pedalamos até ao cruzamento norte para a Soalheira.
Aqui fletimos à esquerda e umas centenas de metros mais abaixo, paramos nas já citadas bombas para a matinal dose de cafeína, para mim já a segunda.
Uns minutos de conversa amena mantiveram-nos por ali algum tempo até que abandonamos o local, cruzando a aldeia e seguindo a estradinha panorâmica que passa pela zona das quintarolas, fomos até a estrada que vem de S. Fiel que seguimos até entroncarmos de novo na N.18.
Umas centenas de metros mais à frente viramos à direita para a Póvoa de Rio de Moinhos, com passagem pelo paredão da Barragem da Marateca.
A manhã que hoje se apresentou bem fresquinha mostrava agora um céu nublado, com algumas nuvens bastante ameaçadoras e perspetivando a eminência de chuva.
Continuamos em direção a Caféde e chegamos à cidade ainda bastante cedo pelo que resolvemos ir até á "Tasca do Futebol" para beber umas mini jolas e dar dois dedos de conversa à laia der abaladiça.
Foi uma bela manhã bem preenchida com umas pedaladas tranquilas, num bonito  passeio de 66 kms na agradável companhia do Jorge Palma e Nuno Maia.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: