domingo, 20 de abril de 2008

"II Maratona Alcains - Gardunha"


A minha primeira participação na Maratona de Alcains - Gardunha, não correu dentro das minhas expectativas, por diversos factores.- A intempérie que tem assolado a nossa zona, alterou bastante o rumo das coisas e prejudicou um pouco a "rapaziada" do Papaléguas obrigando-os certamente a mais trabalho, mas que não os impediu de mostrar o que eles bem sabem fazer . . . bem receber e organizar eventos de qualidade e que mais uma vez ficou demonstrado nesta II maratona de Alcains.

- O facto de no domingo anterior ter contraído uma microrotura nos ligamentos do gémeo direito, que me obrigou a tratamento durante toda a semana para amenizar o problema.
- Daí ter resolvido, por percaução, apenas participar na Mini Maratona (47 kms) pela menor quilometragem e pela orografia do terreno mais suave.
Como combinado, juntámo-nos na Padaria de Montalvão junto à Rotunda do Modelo uma "catrefada" de malta, toda ela participante nesta Maratona para unidos seguirmos para Alcains, bem acompanhados pela chuva que há alguns dias cai de forma agúdana nossa região.
Depois de estacionar as viaturas junto à Escola de Alcains, não apetecia nada retirar as bikes dos suportes, pois a chuva não deixava de cair.
Durante a viagem e olhando os campos em nosso redor, eram autênticos mares de àgua.
Lá tomei coragem para me dirigir ao secretariado e os meus olhos brilharam ao ver aquela bem ornamentada mesa com uns deliciosos pastéis de nata. E eu que não sou nada guloso.
Valeu-me ter levantado o dorsal no dia anterior!!!
Mudei então a minha participação para a Mini Maratona, pelo motivo atrás descrito e lá resolvi retirar a bike do suporte e prepará-la para o "embate"
Como já vem sendo hábito partí nos últimos lugares, mas desta vez por distração, pois já nem fui ao local de partida e segui atrás dos últimos que vislumbrei ao longe.
acompanhei o Roberto práticamente até ao primeiro abastecimento, onde nos desencontrámos definitivamente.
Até lá foi um sem fim de peripécias derivado ao estado dos terrenos, que acabou por ser divertido pelas situações observadas noutros participantes e outras em que fomos envolvidos.
Depois do primeiro abastecimento segui com o Fidalgo, o Marcelo, o Nuno Dias, o Martin e outros mas acabei por me adiantar um pouco derivado ao facto do Fidalgo ter partido a corrente e eu não me ter apercebido.
Continuei com o Martim até ao final em ritmo de cruzeiro, pois não estava em condições de efectuar grandes esforços, ou pelo menos não deveria.
Apesar do tempo e do estado lastimável dos trilhos gostei imenso desta minha primeira participação na Maratona de Alcains.
O tempo e o estado dos terrenos em nada desvirtuou a organização do evento e quanto a mim, apenas valorizou o seu trabalho, pois apesar das dificuldades, apresentaram uma organização cuidada e bam direccionada em prol dos participantes.Parabéns Carlos Pio e demais elementos da organização!!!
Para o ano lá estarei certamente!!!
Desta vez não me fiz acompanhar da minha fiel digital e por tal motivo não tirei qualquer foto, valendo-me de algumas fotos tiradas pelos meus amigos.!!!


Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos
AC

Sem comentários: