Avançar para o conteúdo principal

"II Passeio da Liberdade - Na Rota do Lince"

Sexta Feira, dia 25 de Abril, participei no "II Passeio da Liberdade", organizado pela Junta de Freguesia de Meimão no bonito Parque Natural da Serra da Malcata.
O convite foi-me feito pelo meu amigo Filipe, fiel companheiro de pedaladas e que eu não poderia recusar.
Assim, pelas 07h conduzindo a minha "jipose" e acompanhado do FMike e João Valente, lá nos juntámos à caravana que aguardava junto ao Stand da VW aos Buenos Aires.
Partimos em direcção ao Meimão, com escala nas "Águas" para tomar café no Restaurante "O Galante", mas batemos com o nariz na porta, pois ainda era cedo e estava tudo fechado.
Após outra tentativa na Meimoa, o resultado foi igual, pelo que só conseguimos tomar o café no Meimão.
Apesar da aderência de pessoal a este evento não ser a melhor, pois previa-se mais malta, tanto mais que o passeio era à "borliú" e num enquadramento paisagístico excelente, ainda assim compareceram umas dezenas de companheiros para pedalar num dos passeios mais duros em que participei nos últimos tempos e vá-se lá a saber porquê, pois com tantos recursos, trilhos excelentes e paisagens deslumbrantes para onde quer que nos virássemos, só me fez lembrar a personagem do padre protagonizada pelo Herman José ... "não havia necessidade"!!!
O dia era de festa e a malta era animada e pronta para desfrutar aqueles trilhos e paisagens espectaculares ... pena que uma grande maioria o tivesse que fazer a "penantes" e sem poder usufruir do passeio como certamente tinha planeado.
Há que não confundir passeios acessíveis a todos os níveis de participantes com provas de btt e ter-se o discernimento necessário para separar "o trigo do joio"
Penso que o objectivo da Junta de Freguesia do Meimão era conseguir juntar num convívio bebêtista umas largas dezenas de participantes e mostrar o que de melhor existe naquela região.
De facto o objectivo foi conseguido, em parte, só que com muito esforço por parte dos participantes, que no final foram brindados com um banhinho de água bem fria, pois quentinhos já eles vinham e um almoço um pouco desordenado, numa espécie de salve-se quem puder, correndo ainda o risco de numa próxima edição o pessoal não aderir, recordando ainda a extrema dureza do ano anterior.
Subidas muito longas e técnicas, mais vocacionadas para os prós, ou pseudo-prós, alguns com "habitat" cá no Distrito e descidas exageradamente longas e com inclinação desmesurada, onde os travões de muita malta deram "o berro".
E tanto havia para ver e desfrutar!!!
Pessoalmente gostei do passeio, pois participei duma forma lúdica e apesar da dureza, desfrutei o máximo e apreciei aquelas belas paisagens.

Para o ano se o evento persistir, lá estarei e certamente a malta de Castelo Branco também.
Fico agradecido ao meu amigo Filipe por me ter convidado a participar neste evento e ao presidente da Junta de Freguesia de Meimão por me ter proporcionado uma bela manhã de btt, nessa linda Serra da Malcata.
Obrigado!!!

Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos
AC
Slideshow

Comentários

LR disse…
Para não variar, mais uma excelente reportagem.
LR
BikesTrilhoseTralhos
Pedro Alves disse…
Olá,
... dei com o seu blog e fiquei impressionado com as bonitas paisagens da zona de Castelo Branco... muito giro.
Boa sorte para as suas viagens em autonomia.
Boas pedaladas
Os Trepa Serras disse…
Desde já o nosso obrigado pelo seu artigo. Pensamos que o percurso não fosse assim tão pesado, mas no final verificamos que tem alguma razão.

Em relação aos banhos ouve um pequeno problema com a caldeira e desde já as nossas desculpas a todos os participantes. No almoço comida não falto mas não tinhamos muita ajuda para podermos andar a servir individualmente os participantes.

Para o ano teremos um percurso mais leve, diferente, vamos dar a conhecer outros locais da Serra da Malcata.

O nosso obrigado pelas criticas, com elas a organização será cada vez melhor :), ainda somos inesprientes e contamos com voçês para melhor cada vez mais.

Aqui fica o nosso Blog: http://rotadolince.blogspot.com (ainda no seu inicio)

Ass: David Vila Boa

Mensagens populares deste blogue

"Rota do Bucho/2016"

Pelo segundo ano consecutivo, resolvi editar a Rota do Bucho, com um passeio pelos trilhos de Malpica do Tejo, uma bonita aldeia onde tenho raízes, que termina à mesa com um belo bucho de ossos à boa moda malpiqueira. Convidei um "magote" de amigos, dos quais dezasseis disseram presente. O ponto de reunião, foi desta vez na Pastelaria Cantinho dos Sabores, na Rotunda da Racha, onde tomamos o cafézinho matinal. Pelas 08h20 partimos em pelotão auto rumo a Malpica do Tejo, onde o Rui e a Sandra Tapadas já nos aguardavam. A previsão era de vento forte e alguns aguaceiros e desta vez o S. Pedro não nos "despontou", mandou mesmo umas belas rajadas de vento e umas belas bátegas de água, que nos atingiram por três vezes, um pouco no início desta pequena aventura, sensivelmente a meio, quando estávamos à vista de um local de abrigo, a aldeia de Lentiscais e no final, em jeito de banho. Pelas 09h00, como planeado, abandonávamos a aldeia rumo ao Monte do Couto do Alberto, en…

"Hoje fomos à romaria"

A manhã acordou hoje límpida e solarenga, num bom incentivo para um bom par de pedaladas asfálticas. Quando saí da garagem já o Álvaro e o Leandro me esperavam. Juntos fomos até à Rotunda das Violetas, ao encontro do Luís Lourenço e do Nuno Eusébio. Pouco depois chegou o Jorge Palma. Para não perder a prática tive ainda que mudar a câmara de ar da minha roda traseira que vinha com um pequeno furo, originado por uma limalha. Já com a "ézinha" pronta a rodar, fizemo-nos à estrada, abandonando a cidade pela Milhã, rumo ao Juncal do Campo pela estradinha panorâmica da Quinta de Valverde. Cruzamos a aldeia e entroncamos na N.12, onde fletimos à direita, rumo ao Padrão, uma pequena aldeia que este fim de semana se encontra engalanada para a festa da Nossa Senhora da Saúde. Entramos na aldeia e fomos tomar o cafezinho matinal no bar junto ao adro da igreja, gentilmente servido por um senhor, creio que festeiro, que fez questão de oferecer os cafezinhos e que agradecemos. Descemos …

Alvaiade, Perdigão e Vila Velha de Rodão"

Hoje, com um pelotão mais numeroso, fomos tomar o cafézinho matinal à Bolaria Rodense, em Vila Velha de Rodão. Abandonamos a cidade pouco depois das 08h30 e rumamos ao Perdigão, com passagem por Sarnadas de Rodão e Alvaiade. Seguimos depois pela estradinha panorâmica que liga o Perdigão a Vila Velha de Rodão, usufruindo da bonitas paisagens sobre a Serra das Talhadas e Vilas Ruivas. Depois da pequena tertúlia na Bolaria Rodense e já com os níveis repostos, rumamos à cidade, com passagem pelo Coxerro e Sarnadas. Aqui voltamos a encontrar o Joaquim Cabarrão e o Salvado, que deram uma volta mais pequena e juntos seguimos até à entrada da cidade, onde nos voltamos a separar, pois o restante grupo foi pela variante à Carapalha. Numa manhã já bem primaveril, alinharam para esta bonita volta, além de mim, o Jorge Palma, Tó Pinto, Fernando "Caraíbas", Sr. Silva, António Leandro e o João Salavessa.  Foram 75 kms, repletos de divertidas pedaladas, na companhia deste animado grupo de …