sábado, 15 de junho de 2013

"Alpedrinha - a Sintra da Beira"

Como é habitual aos sábados, fui até à Rotunda da Racha, para me juntar ao Álvaro Lourenço, ao Jorge Palma, ao Paulo Jalles, ao Nuno Eusébio, ao Luís Lourenço, ao António Leandro e ao Paulo S.S., para uma voltinha de asfáltica.
O Nuno Eusébio ia para Alpedrinha e, como tal, criámos uma volta de forma a passar por aquela vila.
Saímos em direção a S. Miguel d'Acha, para tomar café na padaria/pastelaria local, passando pelos Escalos de Baixo, Escalos de Cima e S. Gens.
Tomámos o cafezinho matinal a que acrescentei o habitual pastelito de nata, para compor a coisa e partimos para a Orca.
Antes da Ponte da Ribeira do Taveiró, encontrámos o José Luís, que deu meia volta, juntando-se ao grupo.
Passámos pela Orca e nas proximidades de Vale de Prazeres, encontrámos outro companheiro que pedalava em solitário e que não conhecia, que também nos fez companhia até à Soalheira.
Depois da subida à fonte, já na N.18, parámos para comer algo mais sólido, atestar bidons e refrescarmo-nos com aquela água serrana.
Descemos a Alpedrinha e o Nuno Eusébio, com ainda era cedo fez-nos companhia por mais algum tempo.
A próxima paragem foi no café das bombas, na Soalheira, para agrupar, pois hoje foi dia de picardias. Algumas saudáveis e engraçadas, outras não tanto, obrigando a manter o ´"o pé no acelerador"  mais tempo que o desejável, em determinadas circunstâncias.
Chegados ao cruzamento do Louriçal do Campo, virámos para a barragem da Marateca e após passarmos a rotunda que dá acesso à Lardosa, continuámos a rodear a barragem, agora em direção ao paredão.
Na Póvoa de Rio de Moinhos, o Nuno Eusébio e o José Luís despediram-se da malta e nós continuámos para Cafede.
A chegada á cidade deu-se pelas 12h30, com 93 kms pedalados num bonito percurso circular e em excelente companhia.
 
Fiquem bem.
Vemo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC 

1 comentário:

Pinto Infante disse...

já vi que temos homem..
é com prazer que reparo que aos poucos regressas a este desporto que tanto tu gostas...
vai com calma para as "bielas" não cederem...
um grande abraço
Pinto Infante