quinta-feira, 3 de outubro de 2013

"O último retoque"

Hoje pela manhã, estava eu entretido a gravar os tracks de gps para os caminhos de Fátima, já no próximo fim de semana, quando me lembrei de um pormenor!
Então se o percurso vai passar por "aqui" porque não por ali!
Referia-me a um bonito carreirinho, que por sinal até atalha uns metros e no qual já não passava há bastante tempo.
Boa malha . . . é mesmo por ali que vamos passar!
Como é ainda na primeira hora de percurso, assim espero, e a malta vai ainda um pouco "arremelada", nada melhor do que passar por aqui para um "acordanço" rápido.
Mas depois pus-me a pensar! Já há tanto tempo que ali não passo e se o trilho já está tapado com o mato! E agora com as chuvadas como é que estará! É que a coisa tem lá umas lajezitas.
Bom! O melhor é ir lá dar uma espreitadela.
Almocei, tomei o cafezinho e depois de vestir a licra, peguei no "tanganho" e aí vai ele dar uma espreitadela "à coisa".
Segui pela antiga N.18 até ao cruzamento das Benquerenças e passando pelo túnel sob a A23, continuei pelo estradão paralelo até ao apeadeiro da Represa.
Daqui fui até aos Amarelos e continuei até Sarnadas de Rodão onde entrei no estradão que segue em direção à Atalaia.
Algures por ali, lá encontrei a entrada para o dito trilho e lá fui eu dar uma mirada.
Ainda bem que o fiz. Está cinco estrelas e ainda bem clicável, pois quando chove muito e o curso da ribeira sobe, o trilho que a ladeia costuma ficar alagado. Ainda não é o caso.
Satisfeito, continuei para mais á frente cruzar a N.18 e andar a deambular por diversos estradões e alguns trilhos mais delgadinhos até chegar ao Vale do Gamão.
Contornei o Retaxo e fui até à povoação da Represa, muito pouco visitada pelos nossos betêtistas, mas muito bonita e castiça.
Subi às Olelas e desci à Caseta dos Maxiais para entrar na cidade pelas 17h, satisfeito por acrescentar mais este caramelinho ao percurso de sábado.
Acabei por pedalar durante 47 kms, divertir-me um pouco e concluir com êxito o objetivo a que me tinha proposto.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

1 comentário:

Silvério disse...

Mais um "retoque" que ainda aumenta mais a "dor" de não vos poder acompanhar!
Resta-me desejar que esta seja a melhor edição desta peregrinação de BTT a Fátima e que aproveitem o máximo.
ABRAÇOS para Todos
Silvério