quarta-feira, 23 de julho de 2014

"Contornar a Serra da Gardunha"

Ontem foi dia de passeio asfáltico.
Como no passado domingo não conseguimos terminar a volta inicialmente prevista, derivado à chuva, fomos ontem contornar a bonita Serra da gardunha com as nossas asfálticas.
Juntei-me ao Jorge Palma, António Leandro, Vasco Soares e Nuno Antunes, pelas 07h00,na Rotunda da Racha e pouco depois fazíamo-nos à estrada em direção a Cafede.
à saída da povoação fletimos sobre a esquerda e seguimos a estrada panorâmica até à Povoa de Rio de Moinhos e Barragem da Marateca.
A manhã já se assemelhava a um verdadeiro dia de verão e o calor já se fazia sentir.
Contornámos a Rotunda da Lardosa e seguimos pela N.18 para o Fundão, com passagem em Alpedrinha.
A paragem na pastelaria Arte & Tradição já se está mesmo a tornar tradição e o cafezinho matinal e o respeitinho bolinho, de fabrico próprio, manteve-nos por ali algum tempo, na degustação e na conversa.
Abandonámos depois o Fundão em direção ao Souto da Casa, e lá mais à frente, contornámos a rotunda e seguimos pela esquerda, pela outra vertente da serra, com passagem pelo Vale Mendinho e paragem no Vale de Urso, para atestar bidons e beber da água fresca que jorra em abundância do fontanário local.
A suave ascensão terminou pouco depois da passagem pelo cruzamento da Paradanta e, já em terreno mais plano, seguimos para o Casal da Fraga e São Vicente da Beira, onde efetuámos nova paragem na Pastelaria Amoroso, para mais uma bebida fresca.
Até ao Salgueiro do Campo foi sempre em pedalada redonda e sem complicações, com passagem pelas aldeias de Tinalhas, Freixial e Juncal do Campo.
Descemos ao Rio Ocreza e efetuamos a derradeira subida, antes de entrarmos na cidade com 104 kms, pedalados em excelente companhia, inserido num bom lote de amigos.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: