quinta-feira, 3 de julho de 2014

"Por trilhos escalenses"

Hoje foi deia de passeio campestre.
Na companhia do Pedro Barroca, fomos dar uma voltinha de btt, calma e descontraída, para a zona dos Escalos de Baixo.
Saímos da cidade pelas 08h00 e pela Quelha da Feiteira, seguimos para a Fonte da Mula e Aeródromo.
Junto ao Aeródromo encontramos o Bernardino Caldeira que ia dar a sua voltinha matinal em rdor da cidade. Dois dedos de conversa e apesar de o termos convidado para nos acompanhar, declinou o convite, pois queria estar cedo em casa.
Passámos o Monte Brito e a Vinha do Marco e paramos no "Café Fontanário", nos Escalos de Baixo, para a matinal dose de cafeína.
Voltámos aos trilhos e tomámos o rumo ao Vale Figueira, rodeando os Escalos De Baixo, passando pela Horta Velha, Vale do Cio, Silveira, Barrussa, Barroca e Vale das Colmeias.
A manhã apresentava-se algo fresca e ótima para um belo passeio campestre. Na agradável companhia do Pedro lá íamos pedalando e conversando, absorvendo plenamente o que nos rodeava.
Passámos o Barrão e cruzámos a Ribeirinha e depois dum belo par de trilhos catitas, descemos á Ribeira da Fonte Santa, que cruzámos, para subirmos à Capa Rota, onde entrámos no sfalto, que seguimos até à cidade.
Eram 11h15 e já tínhamos pedalado 42 kms. Estávamos satisfeitos. Não havia stress, tínhamos gostado da manhã pedalante e, nada melhor para a terminar que um refrescante para de bjecas e umas moelas para acompanhar a conversa que se alongou até para lá das 12h00.
Com um "até à próxima", despedimo-nos e regressámos a casa, satisfeitos por mais um momento de convívio, conjugado com o desporto que adoramos praticar.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: