sábado, 11 de junho de 2011

"Diabruras da Cambada, continuação. . . ."

Sexta feira passada, a "cambada" juntou-se novamente, para mais uma das suas diabruras.
Coisas simples . . . coisas nossas! Juntam-se uns amigos, mistura-se uma aventura, com alguma "coisita" nova para não enjoar, uns trilhos porreiros, umas dificuldadezitas para apimentar a "coisa", uns canecos, um petisco e bora lá . . . para mais uma diabrura da cambada.
Desta vez, fomos à conquista da eólica do Castelo Velho da Zimbreira, ali para os lados dos Envendos, também conhecida como "a vúva".
Carregámos a minha "ramona" com as bikes e ai vamos nós pelas 07h em direcção aos Envendos.
Parámos junto à capela, descarregámos e preparámos as bikes e fomos tomar a matinal dose de cafeína.
A algazarra do costume e lá nos fizemos aos trilhos. Entrámos um trilho que nos levou sempre à meia encosta até ao Castelo Velho, sempre com uma paisagem fantástica, sobre a aldeia da Zimbreira.
Já no alto, junto à eólica e posto de vigia, ficámos boquiabertos com as lindíssimas paisagens sobre a Barragem da Pracana e vales adjacentes. Espetacular!!!
Descemos depois por uma técnica e longa descida até junto à central elétrica da barragem, virando depois à esquerda pedalando pelo estradão, sempre pela margem esquerda da barragem, até chegarmos à bonita cascata do Pego da Rainha, onde a malta "pintou a manta" e se divertiu num verdadeiro espírito de companheirismo e amizade.

Saír dali, acho que foi a parte mais dificil.
Contornando serras, escarpas e um bom punhado de vales, com trilhos bastante diversificados, ziguezagueámos, subimos e descemos e visitámos algumas aldeias e lugarejos, por ali dispersos, como a Vilar da Mó, Furtado, Vale Coelho, Praia Fluvial da Ribeira D'Eiras, etc.
Já de novo nos Envendos, arrumámos as bikes na "ramona" e fomos para o café comer umas sandes e beber umas bjecas. Mas a coisa não estava bem, faltava qualquer coisa.
Voltámos à "ramona" e agora sim . . . rumo ao Vale da Mua!!!
Mesa na esplanada, umas travessas de barbo frito com molho vinagrete, duas litradas de branco fresquinho e umas bjecas para tirar o gosto, e claro, a algazarra do costume.
Brincadeira e sã camaradagem. Coisas de adultos à moda de adolescente. eh eh eh!!!
77 kms, muita aventura, amizade sem "esforço", convívio e bons momentos, foi a forma como a rapaziada comemorou o Dia de Portugal.
Isso das paradas militares e essas tretas não são para nós. Nós gostamos mesmo é de andar de bicicleta, diversão e por vezes, também bebemos um "canequito" ou umas bjecas e comemos um petiscozito. Naturalmente, claro . . . não queremos que "pegue" na moda!!!
Fiquem bem
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC
Slideshow


.o0//0o.
Video

Diabruras da Cambada, continuação. . . . from Antonio Cabaco on Vimeo.

3 comentários:

Jorge Palma disse...

Eheheh... o vídeo é lindo de ver! Nem faltaram os "biquinis" da última moda!!!

Silvério disse...

Os nossos pequeninos passeios não param de surpreender, até aos intervenientes directos, nós próprios. Há sempre algo de novo à nossa espera, "cantinhos" mais bonitos, cascatas maravilhosas que nem imaginamos existir aqui ao pé de nós, etc, etc,...
Junto-me ao João, e obviamente a todos os outros elementos da "cambada", nos agradecimentos ao António por ter gerado mais um "filho" exemplar, embora com um tempo de gestação já na casa dos anos!!!
Neste caso, e modéstia à parte, tenho de o dizer, sei quem é o pai. Fui eu que "fecundei" o António com o objectivo de vistar aquela "ventoínha solteirona", prefiro a viúva, já há uns 2 anos atrás.
Conto com a fertilidade da "procriadora" para continuar a germinar passeizinhos destes.
Abraços
Silvério
P.S. Parabéns a todos pelo exemplar desempenho.

Anónimo disse...

Ohhhhh,
foi a interjeição que me ocorreu quando vi tais imagens...
foi com muita pena minha que me vi privado deste passeio!
Abraço, Tiago.