terça-feira, 2 de julho de 2013

"Faldas da Serra do Muradal"

Hoje fomos até às faldas da Serra do Muradal.
Pelas 08h, eu o Jorge Palma e o António Leandro, saímos do "paddock" da Rotunda da Racha em direção à Serra do Muradal e com intuito inicial de tomarmos o cafezinho matinal no Cabeço do Infante.
Passámos a Taberna Seca e descemos à ponte sobre o Rio Ocreza para enfrentarmos a primeira subida do dia aos Vilares.
à chegada ao cabeço d Infante, resolvemos continuar e tomar o cafezinho na Azenha de Cima, local onde habitualmente paramos quando por ali passamos.
Continuámos então até Sarzedas, onde virámos à direita para a Azenha de Cima. Quando ali chegámos ficámos desiludidos, pois o café estava fechado. Lá diz o velho ditado . . . mais vale um pássaro na mão do que dois a fugir!!!
Lá tivemos que esquecer a dose de cafeína, pois a hipótese seguinte seria apenas na Lameirinha e já não era a mesma coisa. O timing já não era o mesmo.
Passámos a Magueija e a entrada para o Pé da Serra e demos início à subida do dia, que pelas falds da Serra, nos levaria a passar pelo alto da Cardosa e Sarnadas de S. Simão até entroncar na N.238, que seguimos até à Foz do Giraldo.
Sempre a descer  e que bem soube, para refrescar um pouco do calor que se fazia sentir, chegámos então à Lameirinha, onde parámos para beber algo fresco e trincar qualquer coisa.
Ainda a descer chegámos ao Salgueiro do Campo e continuámos até á cidade, onde entrámos pelas 11h35, com 81 kms pedalados num bonito circuito com vista privilegiada sobre vasta extensão de pinhal e bonitas aldeias que a completa.
Ainda com tempo disponível para uma pequena tertúlia "pousámos" no café Golfinho para uma bebida fresca e dois dedos de conversa.

Fiquem bem.
Vemo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: