Avançar para o conteúdo principal

"Por singles e trialeiras do Parque Natural de Las Batuecas"

Este passado fim de semana foi bastante intenso.
Tinha inicialmente programado ir até La Alberca e ali percorrer alguns percursos do maravilhoso Parque Natural de Las Batuecas e Sierra da Peña de Francia.
Não consegui arranjar o alojamento pretendido em La Alberca e optei por alugar um bungalow no Camping Sierra de Francia em "El Casarito".
Como o bungalow alojava 5 pessoas, convidei mais três amigos, o Pedro Roxo, o Nuno Eusébio e o José Luís, para me acompanharem besta bonita aventura de três dias, sendo dois de bike de btt e uma com a bike de estrada.
Eu e o meu irmão saímos primeiro para tratar da logística e efetuar o check in no camping e a restante malta foi mais tarde.
No dia seguinte, sábado, tomámos o pequeno almoço logo pelas 07h e fizemo-nos aos trilhos.
Logo à saída do camping, a diversão começou com uns bonitos singles para abrir o apetite e mais à frente uma louca trialeira, que a malta adorou e nos levou até á fantástica aldeia de "La Alberca", uma das mais bonitas de Espanha e classificada como património mundial da UNESCO.
Alí nos divertimos um pouco e começámos, logo pela manhã, a obrigatória tarefa da "hidratação", com umas boas "cañas com limon".
Depois de uma pequena visita à aldeia, abrilhantada com algumas peripécias do Zé Luís, saímos da aldeia para pedalarmos no "hermoso" trilho de "las raízes", com passagem pela "laguna de S. Marcos" para depois descermos por um trilho com uma flora fantástica, a lembrar um pouco as florestas tropicais.
Cruzámos o Rio Francia e entrámos num trilho mediático pelo Bosque de los Espejos até às "Casas del Conde".
Passada a pequena aldeia, continuámos até "San Martin del Castañar" que visitámos, sendo também um dos povoados que merece bem a pena um visita mais demorada.
Passámos seguidamente pela Ermita de Santa Lucia, pedalando pela maravilhosa "Ruta de los Curas", que nos levou até "Sequeros", mais uma bonita aldeia cravada naquele espetacular Parque Natural.
Depois de uma pequena visita à "Ermita da Virgen de Robledo" e ao "Humilhadero" seguimos até "Villanueva del Conde", que ladeámos, para entrar noutro fantástico single, o "Camino de los Prodígios", que nos levou a "Miranda del Castañar", onde chegámos por uma bonita trialeira. (calçada romana)
O nosso próximo objetivo era a aldeia de "Cepeda" e onde acabámos por efetuar uma paragem para beber mais umas "cañas" e comer "un pincho".
De "Cepeda" fomos até "El Madroñal", sempre por excelentes e divertidos trilhos e depois "Herguijuela de la Sierra".
Aqui a rapaziada, bastante acalorada, não teve meias medidas e submergiu num tanque de fonte pública, em busca de fresquidão, pois as temperaturas quase rondavam os 50º.
A saída da aldeia foi feita por uma "parede", que nos levou ao "Molino de la Dehesa" e a partir daqui, seguiu-se uma longa subida por uma das encostas da Sierra de Francia, com uma envolvente panorâmica, simplesmente fantástica. Ficou na retina aquela bonita Sierra del Castillo.
Foram kms de lentas pedaladas, até alcançarmos um tanque de água límpida e cristalina, ali no meio de nenhures. Catchapun!!! . . .ninguém hesitou. E que fresquinha que ela estava. Um grande banho em altitude . . . não é todos os dias e, com aquela paisagem . . . mais parecia uma miragem!!!
Sempre contornando as encostas da serra, passámos mesmo abaixo do penedo do Santuário da Penha de Francia, para entrarmos seguidamente numa adrenalínica trialeira, em zig zag, que nos levou até a uma secção do GR10, que seguimos até ao pequeno PR que circunda o Camping onde estávamos alojados, em "El Casarito".
Chegámos um pouco cansados, mas repletos de aventura e bons momentos. Com o olhos ainda carregados de maravilhosas paisagens, as bikes carregadas de pó dos fantásticos trilhos percorridos e ainda um pouco "tremelicantes" da adrenalina das muitas trialeiras e numerosos singles por onde deambulámos.
Depois dum banhinho retemperador e de nos "mandarmos" a uma bela Paella, pois no dia seguinte tínhamos mais um belo percurso de puro divertimento pela "Senda de Alfonso XIII"

Fiquem bem.
Vemo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Galeria Fotográfica

 

www.flickr.com
antoniojsantoscabaco Sierra da Penha de Francia e Parque Natural de las Batuecas photoset antoniojsantoscabaco Sierra da Penha de Francia e Parque Natural de las Batuecas photoset

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Rota do Bucho/2016"

Pelo segundo ano consecutivo, resolvi editar a Rota do Bucho, com um passeio pelos trilhos de Malpica do Tejo, uma bonita aldeia onde tenho raízes, que termina à mesa com um belo bucho de ossos à boa moda malpiqueira. Convidei um "magote" de amigos, dos quais dezasseis disseram presente. O ponto de reunião, foi desta vez na Pastelaria Cantinho dos Sabores, na Rotunda da Racha, onde tomamos o cafézinho matinal. Pelas 08h20 partimos em pelotão auto rumo a Malpica do Tejo, onde o Rui e a Sandra Tapadas já nos aguardavam. A previsão era de vento forte e alguns aguaceiros e desta vez o S. Pedro não nos "despontou", mandou mesmo umas belas rajadas de vento e umas belas bátegas de água, que nos atingiram por três vezes, um pouco no início desta pequena aventura, sensivelmente a meio, quando estávamos à vista de um local de abrigo, a aldeia de Lentiscais e no final, em jeito de banho. Pelas 09h00, como planeado, abandonávamos a aldeia rumo ao Monte do Couto do Alberto, en…

"Hoje fomos à romaria"

A manhã acordou hoje límpida e solarenga, num bom incentivo para um bom par de pedaladas asfálticas. Quando saí da garagem já o Álvaro e o Leandro me esperavam. Juntos fomos até à Rotunda das Violetas, ao encontro do Luís Lourenço e do Nuno Eusébio. Pouco depois chegou o Jorge Palma. Para não perder a prática tive ainda que mudar a câmara de ar da minha roda traseira que vinha com um pequeno furo, originado por uma limalha. Já com a "ézinha" pronta a rodar, fizemo-nos à estrada, abandonando a cidade pela Milhã, rumo ao Juncal do Campo pela estradinha panorâmica da Quinta de Valverde. Cruzamos a aldeia e entroncamos na N.12, onde fletimos à direita, rumo ao Padrão, uma pequena aldeia que este fim de semana se encontra engalanada para a festa da Nossa Senhora da Saúde. Entramos na aldeia e fomos tomar o cafezinho matinal no bar junto ao adro da igreja, gentilmente servido por um senhor, creio que festeiro, que fez questão de oferecer os cafezinhos e que agradecemos. Descemos …

Alvaiade, Perdigão e Vila Velha de Rodão"

Hoje, com um pelotão mais numeroso, fomos tomar o cafézinho matinal à Bolaria Rodense, em Vila Velha de Rodão. Abandonamos a cidade pouco depois das 08h30 e rumamos ao Perdigão, com passagem por Sarnadas de Rodão e Alvaiade. Seguimos depois pela estradinha panorâmica que liga o Perdigão a Vila Velha de Rodão, usufruindo da bonitas paisagens sobre a Serra das Talhadas e Vilas Ruivas. Depois da pequena tertúlia na Bolaria Rodense e já com os níveis repostos, rumamos à cidade, com passagem pelo Coxerro e Sarnadas. Aqui voltamos a encontrar o Joaquim Cabarrão e o Salvado, que deram uma volta mais pequena e juntos seguimos até à entrada da cidade, onde nos voltamos a separar, pois o restante grupo foi pela variante à Carapalha. Numa manhã já bem primaveril, alinharam para esta bonita volta, além de mim, o Jorge Palma, Tó Pinto, Fernando "Caraíbas", Sr. Silva, António Leandro e o João Salavessa.  Foram 75 kms, repletos de divertidas pedaladas, na companhia deste animado grupo de …