quinta-feira, 18 de julho de 2013

"Passeio descontraido e rotineiro cá pelo nosso quintal"

Hoje, apeteceu-me uma voltinha calma e descontraída e sem grandes correrias. Apenas "mexer" as pernas.
Fui ter com a malta do Continente pelas 08h e quando cheguei ao local já lá se encontravam o Tó Pinto e o João Salavessa.
Entretanto chegou o "Ti João" e após um pequeno compasso de espera, fizemo-nos à estrada.
Para não variar muito, foi proposto pelo João irmos beber o cafezinho à Paulinha, nas Bombas da Soalheira.
Saímos em direção ao Salgueiro do Campo, onde virámos à direita para o S. Vicente da Beira.
Passámos pelo Juncal, Freixial do Campo e Tinalhas, sempre em pedalada calma, descontraída e em amena cavaqueira.
Lá no alto depois de passarmos pelo cruzamento do Sobral do Campo, optámos por voltar à direita por uma estradinha panorâmica que faz ligação ao Louriçal do Campo, em vez de continuarmos para S. Vicente da Beira como inicialmente previsto e isto, para aliviar um pouco o acumulado, os kms e as "pernitas" ao "Ti João". Uma decisão sensata, na minha opinião!!!
Não sou a favor de levar este companheiro a pedalar por zonas mais complicadas ou fazer grandes quilometragens, apenas para mostrar que temos um companheiro que, com 83 anos, ainda faz ver a muita gente como se pedala, etc!!!
Há sim, que "poupá-lo" e mentalizá-lo de que tem que se começar a acalmar um pouco mais, sem prescindir das suas pedaladas semanais na companhia dos amigos. São estes que tem que o acompanhar e não ele que tem que os seguir, por vezes com alguns ritmos desajustados, sobretudo quando por ali aparece alguma "lebre".
Passámos pelo Louriçal do Campo e em S. Fiel, virámos o azimute à Soalheira, onde parámos no Café das Bombas, como inicialmente previsto.
Tomámos o cafezinho da praxe e por ali nos entretivemos algum tempo na conversa, sem stress, pois ainda era cedo e tínhamos muito tempo para chegar a casa em tempo útil.
Por sugestão do Tó Pinto, rumámos às Atalaias (Póvoa da Atalaia e Atalaia do Campo) e seguimos até às Zebras, onde tomámos a direção à Lardosa.
Contornámos a aldeia pela estacão para fugir ao empedrado e às obras e seguimos para os Escalos de Cima.
Nos Escalos de Baixo, deixámos o Ti João e continuámos para a cidade, onde chegámos ainda antes das 12h, com 81 kms pedalados numa excelente manhã para "espernear" nos pedais das nossas bikes.
 
Fiquem bem.
Vemo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC 

Sem comentários: