sábado, 4 de julho de 2015

"Passeio asfáltico por Sobreira Formosa"

Hoje foi mais um sábado de passeio asfáltico, na companhia do Jorge Palma, Rui Salgueiro, Álvaro Lourenço, Nuno Eusébio, Luís Lourenço e Nuno Maia, com saída da Rotunda da Racha, pelas 07h00.
Abandonamos a cidade pela Milhã e pela estradinha do Penedo Gordo fomos até à Taberna Seca, descendo ao Rio Ocreza para enfrentar a primeira dificuldade do dia, com a subida aos Vilares.
Passamos S. Domingos e paramos mais à frente, já no Cabeço do Infante, para a matinal dose de cafeína no Café Silva, onde somos sempre bem recebidos, com simpatia e bolachinhas para acompanhar o café.
Seguimos para as Sarzedas e com passagem por Vale de Água, Monte Gordo, Catraia Cimeira e Froia, chegámos à Sobreira Formosa, para a segunda paragem do dia, na esplanada do bar/pizaria, para nos refrescarmos com uma bebida fresca.
Apontamos depois o azimute às Moitas, onde fletimos à esquerda rumo ao Perdigão, com passagem por Vale Clérigo, Pedra do Altar e Vale da Mua.
No Perdigão, o Álvaro Lourenço e o Luís Lourenço rumaram logo à cidade  para atalhar tempo, pois queriam chegar mais cedo e nós fomos ainda até Vila Velha de Rodão, pela estrada que segue para a Vilas Ruivas e Rei Wamba.
Em Vila Velha de Rodão, a paragem na Bolaria Rodense é quase obrigatória e não fomos exceção.
Desta vez a iguaria foi o pãozinho com chouriço a acompanhar a bebida fresca, pois o calorzinho já aperta e há que hidratar e repor calorias.
Regressamos à cidade pelo Coxerro e Sarnadas, onde chegamos pelas 12h30, com 105 kms pedalados numa bela manhã para a prática deste lúdico desporto.
Uma última paragem na pastelaria junto ao elefante azul, em jeito de abaladiça e demos por terminado o nosso passeio asfáltico de hoje.
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: