domingo, 10 de abril de 2011

"29er x Ciclocross"

Hoje, tinha combinado com o Nuno Eusébio, irmos dar uma volta lá para os lados da Marateca, para ele experimentar uma 29er Specialized Epic, levando eu a minha tambem Specialized Crux Comp CX de Ciclocross.

O João Afonso juntou-se à malta e lá fomos dar a nossa voltinha.

Saímos pela Atacanha, passámos Alcains e rumámos à Povoa de Rio de Moinhos, onde estava previsto tomar o cafézinho matinal.


Na Rabaça, trocámos de bike, pedalando eu na 29er e o Nuno com a Spec de Ciclocross.

Fiquei bastante agradado com a bike. Uma Suspensão total com rodas gigantes, foi o que me pareceu quando a montei. Inicialmente senti-me pequeno, mas depois, apercebi-me que "aquilo" anda mesmo. A passar obstáculos é uma maravilha e a rolar . . . haja pernas!!!

Não a experimentei em subidas acentuadas, porque não fomos para esse tipo de trilhos, mas não me pareceu que haja grande dificuldade em passar esse tipo de terreno.

O Nuno lá andou com a minha CX, um pouco "atarracado", pois é mais pequena, mas safou-se bem e, parece-me que também gostou.


Parámos então na Póvoa e fomos tomar o cafézinho à "Ti Henriqueta", que continua, segundo diz, a ter o melhor cafézinho da aldeia . . . e eu acredito, pois era bom.

O cunhado do Nuno foi ter connosco para o cafézinho e dar uma voltinha descontraída. Mas a partir dalí as coisas não correram lá muito bem, alterando-nos os planos.


O João perdeu a porca do parafuso do link superior do amortecedor traseiro da sua Canyon, pelo que resolvemos acompanhá-lo e regressar de imediato a casa.

O cunhado do Nuno foi fazer mais uns kms, pois estava a começar e eu, depois de passar a Quinta da Marateca, furei a roda da frente da minha CX.


Valeu-me a espuma milagrosa que o Nuno levava na mochila, que resolveu temporáriamente o problema, dando para chegar a casa.

Quando estava a aplicar o milagroso produto, apareceram o Álvaro e o Pedro Antunes, que também eles iam dar a sua voltinha domingueira. Após os cumprimentos da praxe, seguiram lá para os lados da Marateca.


Antes de Alcains, passou por nós o pelotão foguete do grupo do Joaquim Cabarrão, ou não fosse aquela zona já conhecida pela alta velocidade, quando o vento está de costas, como hoje. eheheh!!

Os meus companheiros ficaram junto à Rotunda do Continente para lavarem as bikes e eu regressei a casa, a tempo de ainda ir ver o inicio na Eurosport da mítica clássica do Paris-Roubaix, em ciclismo.

Ainda assim, foi uma manhã agradável e em boa companhia, dando perfeitamente para deseferrujar as pernas com os 46 kms pelalados descontraidamente.

Fiquem bem.

Vêmo-nos nos trilhos

. . . ou fora deles.

AC

1 comentário:

OFF ROAD BIKERS disse...

Que belo passeio. Bem legal os ovinos pelo caminho!!!!