sexta-feira, 29 de abril de 2011

"Estreia da CANYON AEROAD CF 9.0 SL"

Estava em "pulgas" para montar esta "menina".

Ontem, dia habitual de "estrada", fui pedalar de Btt com o amigo Calos Sales, por isso, hoje nem que chovessem "picaretas", tinha que montar a menina.

Saí da minha garagem, cerca das 08h30 e fui efectuar um treinozinho de 3 horas e efectuar um teste de adaptação à máquina.

Logo que arranquei, achei-a logo muito "franzina". Uma sensação um pouco diferente, de quando levo uma das minhas bikes.


Rumei aos Escalos de Baixo, virando depois para os Escalos de Cima, onde tive que vestir o impermeável, pois a chuva começou a caír.

Passado os Escalos, virei para a Lardosa e, um pouco mais adaptado à Aeroad e com o aquecimento feito, imprimi mais velocidade. Gostei da reação da bike!!!

Passei a Lardosa e fui agora em direcção à Soalheira, onde pretendia parar, nas Bombas, para a dose matinal de cafeína.

Já um pouco mais aconchegado com a "malguinha" do café, fui até ao cruzamento de S. Fiel e virei para a Barragem da Marateca, uma estrada onde gosto de pedalar.


Nova aceleração e mais um bom "fieling". esta bike corresponde bem às acelerações . . . haja pernas!!!

Sempre em bom ritmo, continuei até Alcains, onde virei à direita, para Tinalhas.

Queria sentir a máquina na subida a Tinalhas. nenhuma dificuldade, além da natural, derivado ao sentido ascendente.

Em Tinalhas e enquanto esperava que um funeral chegasse ao cemitério, para poder prosseguir, chegou ao pé de mim o "Baltazar", uma esperança do ciclismo nacional, isto, na minha modesta opinião. Ali estivemos um pouco à conversa e, ao ver a bike, mostrou-se agradado e gostou bastante das suas linhas futuristas.


O Baltazar continuou o seu treino, em direcção ao Souto da Casa e eu, virei à esquerda para o Salgueiro do Campo, com passagem pelo Freixial e Juncal.

Cheguei à cidade com 83 kms pedalados numa excelente máquina, que vou ainda explorar, pois há ainda um ou outro pormenor, que vou ter que alterar, para que esta me assente que nem uma luva.

Mas gostei: Do seu nervosismo e da sua reação às acelarações.

Fiquem bem.

Vêmo-nos nos trilhos

. . . ou fora deles.

AC

Sem comentários: