domingo, 4 de janeiro de 2015

"Passeio asfáltico pelo Vale de Alfrivida, Monforte da Beira e Ladoeiro"

"Pedalada domingueira numa manhã fria, onde a metamorfose criada pelas neblinas nos Vales de Alfrívida em direção ao Rio Tejo, tinham uma espetacularidade incomum. Muito bonito!
Juntei-me ao Vasco Soares logo pela manhã, cerca das 08h00 e saímos da cidade pela zona industrial em direção aos Cebolais de Cima, onde fizemos a primeira paragem para o cafezinho matinal e pastelinho de nata.
 Para os indefetíveis deste docinho com forma de "cacharrito", vale bem a pena a paragem na pastelaria junto às bombas nesta localidade . . . mas não os acabem todos, pois eu de vez em quando passo por lá!!!
À passagem pelos Cebolais de Baixo, um canito que se encontrava tranquilamente sentado na estrada apanhando o seu banhinho de sol, resolveu ir connosco e ainda nos perseguiu algumas centenas de metros.
Tivemos que acelerar um pouco na descida a Alfrívida para que ele ficasse na sua zona e não viesse a ser mais um animal perdido. Bonito e simpático o animal ainda "cachorrão" a que o Vasco logo apelidou de "Piruças".
Na descida ao vale a panorâmica era simplesmente brutal e única. Tive que parar para contemplar aquela beleza e registar o momento.
Passámos por Alfrívida e os campos em todo o seu redor estavam completamente branquinhos, criando imagens surreais. "A velhinha andou por ali toda a noite a peneirar"!
Seguimos em direção ao Rio Ponsul e subimos aos Lentiscais e, sem a paragem habitual no Pescaça, pois ainda levávamos o papinho cheio, continuámos até Monforte da Beira.
Desta vez, o café do "Jaquim Padeiro" também não teve a nossa visita, pelo que seguimos para o Ladoeiro pela panorâmica estrada que liga as duas localidades.
Já no Ladoeiro, resolvemos desta vez cruzar a aldeia pelo largo das festas, hoje com mercado e fomos entroncar na N.240 junto à escola primária, que ladeamos para ir tomar uma bebida ao café do "Valente".
Tranquilamente refastelados na esplanada, usufruindo dum solinho aquecedor, bebericamos as nossas bebidas enquanto dávamos dois dedos de conversa sobre o tema mais badalado nas nossos passeios asfálticos . . . as nossas "queimadoras de calorias"!!!
Pouco passava do meio da manhã, quando resolvemos regressar ao local de partida.
Rumámos à Monheca e subimos aos Escalos de Baixo, para uma dúzia de kms depois entrarmos na cidade, já satisfeitos por mais um passeio matinal com as nossas "magrelas", que hoje nos levaram a percorrer 87 kms por alguns lugares catitas e panorâmicas estradinhas cá do nosso condado.

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: