sábado, 17 de janeiro de 2015

"Uma visita à malta amiga do Pelotão Cavaca"

Sabendo que o Pelotão Cavaca tinha agendado para hoje uma incursão ao "meu" território, resolvi ir ao seu encontro, cumprimentar aquela rapaziada e partilhar com eles alguns kms.
O Vasco Soares acompanhou-me e, poucos minutos depois das 08h00 abandonámos a cidade, pela Milhã, em direção à Póvoa de Rio de Moinhos, com passagem por Cafede.
Uma daquelas "geadonas" de que já não via há bastante tempo, cobria os campos e as estradas, obrigando-nos a cuidados redobrados, pois em algumas seções estavam completamente branquinhas.
Está frio, é um fato, mas lá que os campos ficam giros e eu gosto de ver . . .é uma realidade. Por outro lado, investi nuns casaquitos e calças para pedalar no inverno, daqueles com têm palavrões esquisitos, como windtex, goretex e essas tretas a acabar e tex. Adquiri também umas toucas para as orelhas, umas luvas dois em um, grossas c'mó camano, uns canudos para o pescoço e não vou pedalar porque está frio . . . nahh!!! Investi mais neste material de "atleta" do que em lençois de flanela e edredons grossalhudos, por isso. . . à que rentabilizar!!!
Na Póvoa, paramos na pastelaria Flor do Outeiro para  cafezinho matinal que eu acompanhei com o pastelzinho de nata, para não perder a pratica . . .nem a gulodice!
Depois de uma espreitadela nas horas, havia que dar um pouco ao "canêlo " não fosse a malta da Covilhã pisgar-se para a Lardosa antes de chegarmos à rotunda.
Entramos na N.18 e fomos ao seu encontro, que se deu junto à entrada norte para a Soalheira.
Demos meia volta e acompanhamos o grupo que ia até Monforte da Beira.
Lá fui cumprimentado a malta, uns conhecidos, outros nem tanto, mas ficou o primeiro contato para nos irmos revendo devez em quando!
Cruzamos a Lardosa e seguimos em direção ao Ladoeiro, com passagem pelos Escalos de Cima e de Baixo.
Depois da Monheca, o nevoeiro fez o seu aparecimento, mas não chegou a importunar, pois além de não ser muito denso, abandonou-nos quando cruzamos o Ladoeiro, já em direção a Monforte da Beira, onde paramos para a malta tomar café.
Até ao Rio Ponsul foi um instantinho e a aproximação à cidade, um pouco mais lenta, pela difuculdade de progressão originada pelas subidas dos Enfestos e "Petit Col du Lello".
Na Rotunda da "Ministra" a malta foi-se despedindo. Eu já tinha terminado a minha participação, mas o Pelotão Cavaca ainda tinha que regressar à Covilhã, tendo por isso mais de meia centena de kms para pedalar. Espero que tenham chegado bem e se tenham divertido. Eu fiquei-me pelos 107 Kms.
Foi um prazer partilhar alguns kms com aquela rapaziada e um até breve. Um grande abraço para todos.
Fiquem bem. Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: