domingo, 11 de janeiro de 2015

"Passeio asfáltico por Vale de Prazeres"

Ontem,na companhia do Jorge Palma, Álvaro Lourenço e Nuno Eusébio, fomos dar umas pedaladas com as nossas "finórias" até Vale e Prazeres.
Saímos da cidade pelas 08h00 com uma temperatura agradável, que logo se alterou ao sair do seu perímetro, com a geada espalhada pelos campos a arrefecer um pouco as primeiras horas da manhã.
Passamos pelos Escalos de Baixo e Escalos de Cima para descermos a S. Gens.
A partir daqui a temperatura subiu um pouco, mas a subida a S. Miguel D'Acha também teve a sua contribuição.
À saída da aldeia virámos à esquerda para a N.239, uma bonita estrada panorâmica.
Descemos à Ribeira do Taiveiró e subimos à Orca pedalando depois num constante sobe e desce até Vale de Prazeres.
Era nesta aldeia que estava destinada a paragem para a matinal dose de cafeína, que acompanhei com o já habitual pastel de nata, na pastelaria local.
Depois da dose tomada e dois dedos de conversa, subimos à N.18, junto ao chafariz e descemos a Alpedrinha.
Continuamos até à Soalheira, onde efetuamos nova paragem para uma bebida e mais dois dedos de conversa.
Cruzamos seguidamente a aldeia e pela estradinha das quintarolas fomos até à estrada que vem do Louriçal e que vai entroncar na N18.
Mais à frente, na Rotunda da Lardosa, seguimos em direção à Póvoa de Rio de Moinhos, com passagem pelo paredão da Barragem da Marateca, sempre com uma panorãmica de incrivel beleza.
Chegados à Póvoa seguimos pela estreita estrada que liga a Caféde, a última povoação que cruzamos antes de entrar na cidade.
Depois dos 90 kms pedalados numa bonita manhã repleta de sol, nada melhor que uma pequena tertúlia no café sito nas traseiras do Modelo/Continente para bebericar uma mini bjeca pretinha e mais uns dedos de conversa, até que chegada  a hora de papar o almocinho, nos despedimos com um até à próxima.

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: