quinta-feira, 23 de agosto de 2012

"Contornar a Gardunha"

Eram 07h30, quando eu, o Nuno Antunes, o Paulo Jalles, o Jorge Palma, o Luís Lourenço e o António Leandro nos juntámos na Rotunda da Racha, para mais uma manhã de pedalada com as fininhas.
Hoje, a volta foi virada a norte, contornando a  Serra da Gardunha até ao Fundão.
Saímos da cidade pela N.112 até ao Salgueiro do Campo, onde virámos para a M.550 até Tinalhas, com passagem pelo Juncal e Freixial do Campo.
À entrada de Tinalhas seguimos pela N.352 até S. Vicente da Beira, onde parámos na pastelaria junto aos Bombeiros, para o cafézinho da manhã.
Continuámos pela mesma estrada que nos levaria ao Vale Mendinho, ao cruzamento para o Souto da Casa.
Passámos o Casal da Fraga e no Alto da Paradanta, para descermos ao Vale D'Urso, com paragem obrigatória na fonte para atestar bidons.
Já na N.238, pedalámos até ao Fundão com  passagem pelo Souto da Casa.
A paragem na Pastelaria "Arte e Ofício" era obrigatória. Uma bebida fresca e um bolinho a acompanhar, souberam que nem ginjas. Desta vez até o Paulo Jales não resistiu ao bolinho de arroz.
Subimos a serra e parámos novamente na fonte, ao cuzamento de Vale Prazeres para trocar a água dos bidons, pois com o calor que se fazia sentir, esta rápidamente se punha á temperatura do chá.
Até Castelo Branco foi sempre a rolar e o café junto às Bombas da Galp, na Mina, foi o palco para a sossega da praxe, a anteceder o reconfortante banhinho e merecido almoço.
Uma bonita manhã passada entre amigos e em alegre cavaqueira, que culminou com 101 kms pedalados de forma lúdica e divertida.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC
 

Sem comentários: