sábado, 20 de agosto de 2011

"Azenha de Cima"

Hoje, fomos tomar o cafézinho matinal à Azenha de Cima.
Chegado ontem dumas mini férias e um pouco inchado das iguarias gastronómicas nortenhas, nada melhor que ir dar umas pedaladas com os amigos.

Fui até ao "Continente" e quando ali cheguei, mais parecia o mercado semanal, com tanta gente. Acabámos por ser 13 companheiros, prontos para a voltinha de sábado. Combinou-se inicialmente para Almaceda, mas acabou por se alterar o percurso, por alguém informar que aquele troço de estrada estava em obras, pelo que se resolveu ir para a zona de Sarzedas.

Saímos pouco depois das 08h e rumámos ao Salgueiro do Campo, onde o Álvaro e o Filipe nos abandonaram, para assim poderem chegar mais cedo à cidade, rumando ao Freixial do Campo.
Os restantes onze companheiros continuaram e ao cruzamento do Padrão, viraram para a esquerda em direção à Azenha de Cima, passando pelo Vale Ferradas, Grade e Vale Maria Dona. O Nuno Eusébio, que tinha a família à espera em Alpedrinha, continuou por Almaceda, como inicialmente combinado.
Na Azenha tomámos o cafézinho matinal e rumámos agora ás Sarzedas, parando na fonte á saída da povoação para atestar bidons.
Lá mais à frente, virámos para Santo André das Tojeiras e continuámos por Vale da Pereira e Bugios, subindo depois à Sarnadinha e Alvaiade, onde efetuámos nova paragem no fontanário, para tornar a atestar bidons, que hoje o calor fazia-se bem sentir.
Entrámos depois no velho IP2, já em direcção a Castelo Branco, agora com um ritmo mais animado e como já vem sendo habitual, tornámos a parar nas Bombas das Sarnadas, para beber uma bebida fresca.
Chegados à cidade, pouco antes das 12h, estivemos à espera, junto às Bombas da Repsol, por três companheiros atrasados, que acabaram por não aparecer, por tomarem outros rumos, antes da entrada na cidade.
Os restantes, fomos até ao bar da Associação do Valongo, para a sossega com uma fresquinha, água ou cerveja, dando por concluído o nosso passeio de hoje, com um belo pelotão de companheiros do pedal.
Foram 86 kms pedalados sob um calor já a requerer bastante cuidado na hidratação, para evitar aqueles contratempos que não gostamos e que nos deixam mal na fotografia. eh eh eh!!!
Fiquem bem.

Vêmo-nos nos trilhos

. . . ou fora deles.

AC

1 comentário:

Nuno Morgado disse...

Como já não vi o grupo virar, segui o GPS e fui em direcção à entrada do hospital.

Obrigado por tudo e até uma próxima vez.

Abraço
Nuno Morgado (Amareleja)