segunda-feira, 15 de agosto de 2011

"Por Fundão e S. Vicente da Beira"

Pelas 08h, juntaram-se na Rotunda do Continente, oito companheiros, para mais uma manhã de pedaladas com as respetivas asfálticas.
Eu, Leandro, Nuno Eusébio, Nuno Maia, Ricardo Santos, Pedro Barroca, Paulo Jalles e Jorge Palma, fomos os protagonistas desta bonita manhã de atividade cicloturistica.
Rumámos ao Fundão com passagem por Alcains, Rotunda da Lardosa e Alpedrinha.

Parámos na esplanada dum dos cafés, logo à entrada e, bebemos calmamente o cafézinho matinal e conversámos um pouco.
Para não regressar pelo mesmo percurso, tomámos o azimute ao Souto da Casa e passando pelo Vale Mendinho, parámos na fonte do Vale D'Urso, que jorra abundantemente, mesmo nesta época de calor, uma fresca e boa água, com que saciámos a sede e atestámos bidons.
Continuámos em subida até ao Alto da Paradanta, onde o asfalto assume outro tipo de inclinação, que a malta aproveitou para dar "gáz", até ao Casal da Fraga.
Passámos S. Vicente da Beira, desta vez sem a paragem na pastelaria do costume e continuámos a nossa bonita manhã pedalante.
Chegados a Tinalhas, tomámos o rumo de Freixial do Campo e pouco depois, Juncal do Campo, onde virámos à esquerda, para um antigo estradão, agora alcatroado e que cruza toda a zona das Quintas de Valverde, indo entroncar na estrada de Caféde, junto à ponte sobre o Rio Ocreza, aqui ainda com pouco caudal.
Até Castelo Branco, foi um instante, com o grupo a chegar pelas 12h30 e 101 kms pedalados em boa harmonia.

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC

Sem comentários: