Avançar para o conteúdo principal

"V Etapa da Volta"

Já há uns "tempinhos" que não ía a um cicloturismo.
Este ano, a Etapa da Volta despertou a minha curiosidade, pois nunca tinha feito a subida ao Caramulo . . . e que subida!!!
Participei nas primeiras Etapas da Volta, quando ainda era organizada pela Revista Superciclismo, que entretanto deixou de organizar este bonito passeio de cicloturismo e que se realizou durante três anos.

Fui este ano a Viseu e não estou arrependido.
Um bonito circuito e uma subida, daquelas que "entortam o osso", obrigando muita malta a por o pézinho no chão.
Saí de Castelo Branco pelas 06h15 e cheguei a Viseu pelas 07h45.
Estacionei a viatura, fui buscar o dorsal e fui à Pastelaria Avenida tomar o pequeno almoço, nas calmas.
às 09h10 desloquei-me para o local de partida, para partir pelas 09h30, inserido naquel bonito colorido, representado por cerca de 900 cicloturistas.
Já não andava em grandes pelotões há bastante tempo e adorei!!!
Saímos de Viseu para a Tondelinha e fomos passando por inumeras localidades. Figueiró Torredeita, Boa Aldeia, Caparrossa, Paranho, Portela, Guardião de Baixo e Santiago Besteiros, onde pouco depois foi autorizado o andamento livre até ao Caramulo.
Estrada estreitinha, muita dificuldade, uma inclinação terrivel e muita rapaziada apeada, tornaram ainda mais dificil aquela ascensão, que terminou com um longo km de empedrado, até ao local onde estava situada a meta de montanha e o abastecimento.
Foi bonito ver toda aquela estrutura com carros de apoio da organização, médico, vassoura, motas da TV, os bandeirinhs a chamarem a atenção para os locais de maior perigo e colégio de comissários, fez-nos sentir como se uma prova de verdade se tratasse.
Do Caramulo, continuámos para o Caselho, Carvalhal da Mulher e Silvares, percorrendo depois alguns kms do percurso que antes tinhamos feito, pelas povoações de Paranho e Caparrosa.
Virámos depois para Igarei, Couto de Cima, Outeiro do Pinheiro e de novo Figueiró e Tondelinha, para entrarmos seguidamente em Viseu, na zona de meta, pelas 13h20, final da 5ª. Etapa da Volta a Portugal.
Um dia diferente, por uma zona onde ainda não tinha pedalado, alguns "bocaditos" com um bom andamento e aquela subidinha ao Caramulo, marcaram este bonito e caloroso dia.
Iremos ver para o ano onde será a "VI Etapa da Volta".

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos
. . . ou fora deles.
AC

Comentários

Vasco Mota Pereira disse…
Caro amigo, venho acompanhando o seu blogue há já algum tempo, aproveitando não só para ver os percursos que outros camaradas cicloturistas andam a fazer, mas também para conhecer as belas paisagens de uma zona que conheço pouco, como nortenho. Se nunca lhe escrevi, foi por falta de coragem e falta de contributo. Desta feita, ao ver a V Etapa da Volta, não pude deixar de agradecer a sua partilha, uma vez que já a fiz 3 vezes (incluindo a Sra. da Graça, no ano passado), mas não pude ir a esta. Um abraço de continuação de boas passeatas
AC disse…
Caro amigo Vasco.
Antes de mais, obg pelo seu comentário.
Foi pena não ter participado nesta bonita Etapa da Volta que nos levou até ao Caramulo.
Se um dia quiser conhecer melhor esta zona, traga a bike e terei o maior prazer em mostrar-lhe um pouco do que conheço.
Quem sabe não nos encontraremos na VI Etapa da Volta!!!
Um abraço e boas pedaladas.
AC
Vasco disse…
Muito obrigado pela sua simpatia e disponibilidade. Vontade de ir até aí não me falta, mas ainda não tenho andamento para o acompanhar numa passeata das suas. Restam-me ainda uns quantos meses de treino, para já. :)

Mensagens populares deste blogue

"Rota do Bucho/2016"

Pelo segundo ano consecutivo, resolvi editar a Rota do Bucho, com um passeio pelos trilhos de Malpica do Tejo, uma bonita aldeia onde tenho raízes, que termina à mesa com um belo bucho de ossos à boa moda malpiqueira. Convidei um "magote" de amigos, dos quais dezasseis disseram presente. O ponto de reunião, foi desta vez na Pastelaria Cantinho dos Sabores, na Rotunda da Racha, onde tomamos o cafézinho matinal. Pelas 08h20 partimos em pelotão auto rumo a Malpica do Tejo, onde o Rui e a Sandra Tapadas já nos aguardavam. A previsão era de vento forte e alguns aguaceiros e desta vez o S. Pedro não nos "despontou", mandou mesmo umas belas rajadas de vento e umas belas bátegas de água, que nos atingiram por três vezes, um pouco no início desta pequena aventura, sensivelmente a meio, quando estávamos à vista de um local de abrigo, a aldeia de Lentiscais e no final, em jeito de banho. Pelas 09h00, como planeado, abandonávamos a aldeia rumo ao Monte do Couto do Alberto, en…

"Hoje fomos à romaria"

A manhã acordou hoje límpida e solarenga, num bom incentivo para um bom par de pedaladas asfálticas. Quando saí da garagem já o Álvaro e o Leandro me esperavam. Juntos fomos até à Rotunda das Violetas, ao encontro do Luís Lourenço e do Nuno Eusébio. Pouco depois chegou o Jorge Palma. Para não perder a prática tive ainda que mudar a câmara de ar da minha roda traseira que vinha com um pequeno furo, originado por uma limalha. Já com a "ézinha" pronta a rodar, fizemo-nos à estrada, abandonando a cidade pela Milhã, rumo ao Juncal do Campo pela estradinha panorâmica da Quinta de Valverde. Cruzamos a aldeia e entroncamos na N.12, onde fletimos à direita, rumo ao Padrão, uma pequena aldeia que este fim de semana se encontra engalanada para a festa da Nossa Senhora da Saúde. Entramos na aldeia e fomos tomar o cafezinho matinal no bar junto ao adro da igreja, gentilmente servido por um senhor, creio que festeiro, que fez questão de oferecer os cafezinhos e que agradecemos. Descemos …

Alvaiade, Perdigão e Vila Velha de Rodão"

Hoje, com um pelotão mais numeroso, fomos tomar o cafézinho matinal à Bolaria Rodense, em Vila Velha de Rodão. Abandonamos a cidade pouco depois das 08h30 e rumamos ao Perdigão, com passagem por Sarnadas de Rodão e Alvaiade. Seguimos depois pela estradinha panorâmica que liga o Perdigão a Vila Velha de Rodão, usufruindo da bonitas paisagens sobre a Serra das Talhadas e Vilas Ruivas. Depois da pequena tertúlia na Bolaria Rodense e já com os níveis repostos, rumamos à cidade, com passagem pelo Coxerro e Sarnadas. Aqui voltamos a encontrar o Joaquim Cabarrão e o Salvado, que deram uma volta mais pequena e juntos seguimos até à entrada da cidade, onde nos voltamos a separar, pois o restante grupo foi pela variante à Carapalha. Numa manhã já bem primaveril, alinharam para esta bonita volta, além de mim, o Jorge Palma, Tó Pinto, Fernando "Caraíbas", Sr. Silva, António Leandro e o João Salavessa.  Foram 75 kms, repletos de divertidas pedaladas, na companhia deste animado grupo de …