sábado, 17 de março de 2012

"Barragem Marechal Carmona"

Se ontem fui dar uma espreitadela à Barragem da Marateca, hoje, fui até à Barragem Marechal Carmona, vulgo, de Idanha-a-Nova. Pelas 08h30, juntei-me ao Jorge Palma e fomos passear as asfaltinas.

Na reta do Lanço Grande fomos apanhados pelo Bernardino Caldeira, pelo Filipe e pela Teresa, que iam até Idanha-a-Nova, via Ladoeiro.

Como nós iamos por Oledo, resolveram acompanhar-nos e fomos juntos até à Sra da Graça, onde calmamente tomámos o cafézinho matinal e demos dois dedos de conversa na esplanada junto à Ermida.

O Bernardino e a Teresa seguiram logo para Castelo Branco e eu, o Jorge e o Filipe, fomos ainda dar uma espreitadela à barragem, como planeado e que proporciona sempre umas bonitas paisagens, sobretudo quando está cheia, como é o caso, apesar da falta de chuva que se tem feito sentir.

Demos a volta pelo paredão, verificando que o restaurante já se encontra aberto e, como tal, a rapaziada já pode tomar naquele lugar o cafézinho, quando for para aquelas bandas.

Voltámos à Sra da Graça, agora com um vento mais forte e de frente, dificultando bastante a nossa progressão.

Seguimos por Ladoeiro e Escalos de Baixo, numa constante luta contra o vento e tentando evitar uma eminente molha, pois o céu estava cada vez mais nublado e o vento parecia puxar a chuva.

Na zona dos Escalos de Baixo ainda fomos brindados com umas pinguitas, mas não passou disso.
Foram 87 kms pedalados numa manhã algo atípica, em que o sol, alguns chuviscos e sobretudo o vento, se juntaram ao grupo, criando alguma dificuldade ás nossas pedaladas de hoje, sem que por isso fossem menos animadas e divertidas.

Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos,
ou fora deles.
AC

Sem comentários: