quinta-feira, 2 de outubro de 2014

"Btt em modo vadio até às faldas da Gardunha"

Tinha decidido para hoje ir dar uma das minhas voltas vadias, pois ainda esta semana não tinha dado o gosto ao pé(dal).
O Vasco Soares mostrou disponibilidade e combinámos encontrar-nos na Racha pelas 07h30.
Abandonámos a cidade e rumámos à Tapada das Figueiras, entrando depois em asfalto na M551 até à saída para a Quinta de Valverde.
Aqui, fletimos à direita e fomos até ao Penedo do Corvo, subindo depois as três toneladas.
Depois da subida contornámos o Cadavai com passagem no single feito pela malta de Alcains para a sua maratona deste ano e que se encontra já cheio de mato, onde pedalar já não dá pica.
Subimos depois até à M550 e entrámos de novo nos trilhos junto ao Santuário da Rainha Santa Isabel, descendo ao Vale das Barrocas.
Subimos pelo eucaliptal e seguimos pelo estradão para o Ninho do Açor, onde parámos para a matinal dose de cafeína.
Abandonada a aldeia, tomámos o rumo à Laje do Cume em direção ao Sobral do Campo.
Passada esta povoação, descemos à Ponte do Ramalhoso e subimos ao Chão de Moinhos, onde cruzámos a N352 para Ribeira da Ordem.
Entrámos no estradão agora alcatroado, que seguimos até fletirmos para a esquerda, entrado de novo nos trilhos para o Monte das Oles.
Entrámos na Aldeia da Torre e fizemos os singles do PR1, que nos divertiram bastante até ao Louriçal do Campo.
à saída da aldeia, subimos às faldas da serra em direção ao Alto da Cruz, onde iniciámos a descida pelo rápido estradão para S. Fiel, onde parámos no fontanário para nos sequiarmos com aquela saborosa e fresquinha água.
Fomos até à Soalheira e pelos Lameiros de Almeida chegámos à N.18 que cruzámos em direção à Lardosa.
Aqui fizemos a segunda paragem para uma bebida fresca e continuámos rumo a Alcains, com passagem pela Seixeira, Folha da Lardosa e Pôr da Vaca.
A passagem pela vila foi rápida e mal entrámos no asfalto junto a Santa Apolónia, até à cidade foi um instante.
Entrámos na cidade pelas 13h com 77 kms pedalados em modo vadio e descontraído, depois de uma bela betêtada por alguns dos bonitos recantos cá do nosso condado.
 
Fiquem bem.
Vêmo-nos nos trilhos, ou fora deles.
AC

Sem comentários: